A Polícia Civil do Mato Grosso está investigando a morte de uma menina de 13 anos ocorrida na cidade de Sorriso, a 422 quilômetros de Cuiabá. O corpo Anna Luiza Nunes do Carmo, que estava desaparecida há dois dias, foi encontrado na madrugada desta quinta-feira (2), dois dias após ela ter desaparecido.

Uma análise feita por peritos constatou que ela foi morta a tijoladas e golpes de pedaço de madeira. A polícia ainda não prendeu nenhum suspeito.

Menina teria fugido de casa

A mãe da adolescente havia registrado boletim de ocorrência na quarta-feira (1º). Ela contou que na noite anterior a filha havia dito que estava indo para o quarto dormir e no dia seguinte, ao ir chama-la, a mãe não a encontrou na cama, onde havia apenas um cobertor enrolado em travesseiros.

Imagens de câmaras de segurança registraram Anna caminhando sozinha a pé pela rua ainda de madrugada.

Durante o tempo em que a jovem ficou desaparecida, familiares publicaram fotos nas redes sociais em busca de informações que pudessem levar a seu paradeiro.

O corpo da jovem foi achado em um terreno, atrás de um ginásio de esportes, no cruzamento da Avenida Los Angeles com Avenida Curitiba, um local costumeiramente frequentado por usuários de drogas, segundo as autoridades. Alias, foi um desses usuários quem achou o corpo e chamou a polícia.

Corpo tinha sinais de espancamento

Ainda de acordo com a polícia, o cadáver estava no local há mais de um dia e tinha sinais de espancamento, no entanto, aparentemente, não possuía vestígios de violência sexual, o que será comprovado após exames.

A jovem não portava documentos e foi reconhecida por sua mãe.

O perito Luciano Nogueira acredita que a jovem tenha sido agredida pelas costas. “Muito provavelmente foi agredida por trás”, disse. “Havia um pedaço de madeira e tijolos com marcas de sangue”, completou. Havia um ferimento grave na parte de trás da cabeça da adolescente e também em suas costas.

Idoso é espancado e morto

Um idoso de 74 anos foi espancado até a morte por um grupo de cinco pessoas, sendo duas delas menores de idade, na última terça-feira (31). O caso aconteceu no bairro Vila Nova, em Santa Cruz do Xingu, cidade que fica a 931 quilômetros de Cuiabá, no Mato Grosso.

De acordo com informações passadas pela Polícia Militar, o corpo foi encontrado em frente a uma serralheria.

Perto dele havia uma barra de ferro e uma garrafa de pinga quebrada.

Pouco depois, três pessoas entre 20 e 31 anos, além de dois menores, de 14 e 16 anos, foram identificadas e conduzidas à delegacia suspeitas de participação no espancamento. A polícia está investigando as motivações para o assassinato do idoso. Os adultos foram presos e os dois menores apreendidos.

Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!