Na tarde da última segunda-feira (25), uma tentativa de assalto a uma joalheria em Canela, localizada na serra gaúcha, chamou a atenção. Isso porque o assaltante era um cadeirante, de 19 anos, que estava segurando uma réplica de arma com os pés. De acordo com informações da Polícia Civil, o suspeito que é mudo e não possui movimento nas mãos, logo depois que chegou ao estabelecimento, entregou um bilhete ao dono, onde estaria ordenando que ele não chamasse a atenção e lhe entregasse “tudo”.

Além da arma de brinquedo que estava em seus pés, o suspeito também portava uma arma branca enrolada em sua cadeira de rodas.

Diante da situação, um dos funcionários da joalheria acabou contatando a polícia, que logo chegou ao local e conduziu o jovem para registrar a ocorrência em uma delegacia. Depois disso, com a ajuda de um familiar, o suspeito prestou depoimento e, em seguida, foi liberado.

O caso será investigado

Vladimir Medeiros, delegado responsável pelo caso, afirma que agora a Polícia Civil ficará encarregada de investigar a tentativa de roubo. Segundo Vladimir, os fatos que foram levados inicialmente para a delegacia mostram claramente se tratar de “um crime impossível de ser consumado”, isso especialmente considerando a condição física do jovem investigado e a sua “impossibilidade de fuga”. O jovem não possui antecedentes criminais e agora irá responder por tentativa de roubo.

Vigilante é baleado durante assalto a ônibus em Serra

Um vigilante acabou baleado após reagir a um assalto dentro de um transporte público, no bairro Nova Caparina 1, em Serra (ES). Assim que anunciaram o assalto dentro do ônibus, um dos criminosos efetuou um disparo de arma de fogo, que acabou atingindo a parte de trás do veículo. Depois disso, de acordo com depoimento de testemunhas, os assaltantes começaram a recolher objetos e dinheiro dos passageiros, e, neste momento, um vigilante reagiu ao assalto e acabou sendo baleado no ombro e em uma das nádegas.

Diante da situação, o criminoso que atentou contra a vida do cidadão acabou sendo contido e agredido pelos passageiros, mas seu parceiro conseguiu fugir com os pertences das vítimas. Depois da ação, de acordo com a Polícia Militar, o vigilante foi encaminhado a uma Unidade de Pronto Atendimento de Serra sede.

Mulher reage a assalto e acaba baleada

No bairro Barramares, em Vila Velha, Grande Vitória, uma mulher acabou sendo esfaqueada após reagir a um assalto na manhã desta terça-feira (26).

Segundo a Polícia Civil, a mulher estava saindo de casa para ir trabalhar, quando no caminho foi abordada por um assaltante que lhe pediu a bolsa e o celular. Após entregar a bolsa, a vítima teria relutado para entregar seu celular para o criminoso e, por isso, acabou sendo esfaqueada.

Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!