O mundo inteiro está enfrentando a pandemia do coronavírus, que surgiu no final do ano de 2019. A doença causada pelo vírus é a covid-19, que vem trazendo caos a muitos países.

Coronavírus é de fácil propagação

O vírus pode ser transmitido facilmente, através do contato direto com um infectado. Alguns estudos confirmaram que também é possível contrair o coronavírus através dos olhos, e isso acabou preocupando ainda mais as pessoas.

Governo toma medidas contra o coronavírus

Como medida protetiva, o Governo brasileiro achou melhor o país entrar em quarentena, pois dessa forma diminuiriam os casos de infectados.

Embora os comércios estejam fechados, ainda diariamente cresce o número de infectados no Brasil.

Os únicos comércios que ficaram abertos foram os que são considerados essenciais para a sociedade, como as farmácias, mercados e mecânicas.

Aumento no número de infectados pelo coronavírus

Diariamente o Ministério da Saúde atualiza os dados de quantas pessoas foram infectadas pelo coronavírus no Brasil. Atualmente já foram confirmados mais de 271 mil casos, o que preocupa ainda mais os governantes e a população.

O número de mortos chegou a 17.971 em todo o Brasil até o momento, com 1.179 mortes notificadas nas últimas 24 horas, um recorde. Diante disso, o governo alerta para que as pessoas continuem respeitando o isolamento social, para que os números não cresçam ainda mais.

Devido ao grande número de pessoas infectadas pelo coronavírus, o Brasil acabou se tornando o terceiro país com o maior número de infectados pelo coronavírus do mundo.

Coronavírus ainda continuará em alta

O ministério da saúde pretende aplicar ainda mais testes para saber o número de infectados pelo coronavírus, pois estão supondo que o número ainda seja maior, mas não são todos as regiões que possuem testes de qualidade e rápidos para aplicar na população.

Os cinco estados mais afetados pelo coronavírus são, Rio de Janeiro, Ceará, Pernambuco, Amazonas e São Paulo, No entanto, existem algumas formas de explicar o motivo deles serem os mais afetados. O primeiro é época do ano, que pode influenciar para que algumas gripes possam acontecer. Um outro motivo é que não é toda a população dessas regiões que possui condições mínimas de saneamento básico e acesso a saúde de qualidade.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Governo
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!