O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou nesta quarta-feira (22) a iniciativa de seu governo para que aconteçam visitas online de familiares a detentos que cumprem pena nos presídios do estado. As visitas devem começar no próximo sábado (25).

De acordo com informações do governador João Doria, o sistema de comunicação virtual faz parte de equipamentos das instituições prisionais do estado de São Paulo.

Objetivos

João Doria afirma que a iniciativa contribuirá para que policiais responsáveis pelas escoltas de prisioneiros possam ser liderados e passar a exercer outras funções. Os equipamentos serão usados não só para substituir os dias de visita, mas também para a realização de audiências judiciais.

Nesta semana, o sistema de equipamentos de videoconferência foi instalado em todas as 176 unidades prisionais do estado. Os presídios de São Paulo têm 218 mil detentos cumprindo pena, sendo assim o maior sistema prisional do país e também da América Latina, além do segundo maior do continente americano.

Resultados positivos

O governador João Doria relata que nos últimos meses a teleaudiência resultou em 22 mil policiais antes responsáveis pelas escoltas realizando outras funções. Entre as novas funções citou como exemplo o patrulhamento das ruas, tanto no centro da cidade como em regiões de interior. Esse número corresponde a uma redução de 64% de necessidade do trabalho de escoltas policiais a presidiários.

Além dos benefícios na redução de escoltas e o ganho de maior força policial nas ruas, o contato virtual oferece maior segurança aos familiares e detentos durante a pandemia do novo coronavírus, assim como a de policiais. As visitas presenciais a detentos continuam suspensas temporariamente em todas as instituições prisionais do estado.

Visita Virtual

O projeto nomeado pelo governo de Visita Virtual vai permitir o contato de 27 mil famílias com parentes que cumprem pena nas instituições prisionais.

Doria afirma que essa é uma maneira de agir corretamente e com segurança, tanto no ponto de vista relacionado à saúde, em função da Covid-19, quanto no ponto de vista da segurança profissional.

A expectativa é de que o programa Visita Virtual alcance 58 mil detentos e famílias em apenas um final de semana.

Mesmo inovando em termos tecnológicos, algumas regras permanecem as mesmas. Os detentos só poderão ter contato com pessoas que já fazem parte de sua lista de visitantes.

Para ter direito ao contato com o detento, o familiar precisa realizar um cadastro no site da Secretaria da Administração Penitenciária para garantir a conexão e assim realizar a visita. Vale destacar, por fim, que existe a opção de enviar mensagem eletrônica.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!