Um fato inédito ocorreu na Maternidade Balbina Mestrinho, na cidade de Manaus, no Amazonas, na noite do dia 27 de junho, mais especificamente às 23:01 horas. Médicos da unidades hospitalar se surpreenderam ao realizarem um parto, que a princípio seria de trigêmeas.

Mulher dá à luz a quadrigêmeas

Michelle Freitas de Freitas, 38 anos, deu entrada na maternidade para trazer ao mundo três meninas, que era o que mostrava os ultrassons realizados durante a gravidez, e qual não foi a sua surpresa e a dos médicos ao presenciar o nascimento de quadrigêmeas, quatro meninas.

Segundo contou uma amiga íntima da família, Dani Kelly, os exames mostravam que Michelle estava esperando três crianças e por isso mesmo foi uma grande surpresa para todos, quando durante o parto, descobriram que havia mais uma menina, que estava escondida atrás da placenta.

A moça contou que a família ficou muito emocionada quando descobriu que, na verdade eram quadrigêmeas, mas, ao mesmo tempo, ficaram preocupados em como dariam conta de cuidar de tantas crianças. As crianças receberam o nome de Sofia, Laís, Lívia e Giovana, que nasceu por último e recebeu o nome da médica que realizou o parto, como forma de homenagem.

As quadrigêmeas foram levadas para a Unidade de Terapia Intensiva Neonatal da maternidade e ficarão em incubadoras pelo fato de terem nascido prematuramente, aos sete meses de gestação. As crianças estão com um quadro de Saúde estável e a previsão é que recebam alta daqui a três meses.

Essa é a quarta gestação de Michelle

Michelle de Freitas, que acabou de ser mãe de quatro meninas, estava em sua quarta gestação.

A mulher já é mãe de três filhos, ficando agora com sete filhos. A mulher se desesperou quando descobriu que seria mãe de três meninas e teve que largar o serviço em uma cozinha industrial para cuidar da gravidez.

O marido de Michelle, Charlles, trabalha como carpinteiro e essa tem sido a única fonte de renda da família, além de contar com a ajuda do programa Bolsa Família do governo federal.

Familiares e amigos mobilizaram uma campanha para arrecadar doações para as crianças recém-nascidas, contando inclusive com a ajuda da psicóloga da maternidade onde a mulher deu à luz.

Publicação nas redes sociais

Uma das filhas de Michelle, a jovem Ana Flávia Freitas, está ajudando na campanha para arrecadar doações, através das redes sociais.

No dia 30 de junho, a menina postou fotos do nascimento das irmãs quadrigêmeas e escreveu na legenda que no dia 27 de junho Deus tinha enviado o presente da sua família e que era uma honra receber as 4 meninas idênticas e disse que a quarta foi uma surpresa.

Ela agradeceu por essa missão concedida a eles e disse que naquele dia, seu aniversário, se sentia grata e pedia forças e saúde para que pudesse ajudar a sua mãe nessa caminhada e agradeceu a todos que estavam preocupados dizendo que Deus estava no controle de tudo.

A jovem de 20 anos tem compartilhado também o pedido de ajuda em seu perfil. Com imagens mostrando os exames que diziam ser três meninas, fotos do chá de bebê e fotos do parto das meninas, a publicação conta a história de Michelle.

Na postagem Michelle conta que foi um impacto quando descobriu a gravidez visto que tomava remédio para não engravidar, pois, tinha 3 filhos e já tinha perdido um e também pelo fato de não estar trabalhando e seu marido estar sem trabalho na época.

Ela disse que a vontade de Deus é o que prospera e foi um baque quando na primeira ultrassom descobriu que eram três meninas, duas em uma placenta e uma em outra. Sem condições para criar as meninas, a família e os amigos ajudaram e por isso tinham recursos para cuidar das meninas até conseguirem emprego.

Michelle conta que no dia 27 de junho Deus a surpreendeu mais uma vez quando no parto nasceu mais uma menina, que estava escondida entre as outras e que por isso é um milagre.

Ela disse que qualquer ajuda será bem-vinda e que sabe que Deus está com ele e nunca o desamparará.

Siga a página Saúde
Seguir
Siga a página Maternidade
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!