Logo que surgiram os primeiros rumores de que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) teria sido contaminado pelo novo coronavírus, a hashtag #ForcaCovid” foi para os trendings topics, a lista de assuntos mais comentados do Twitter.

O vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho do presidente da República, não gostou nada das mensagens que pediam a morte do líder do Executivo e se manifestou pedindo que as autoridades se manifestassem sobre o tema.

O filho 02 de Jair Bolsonaro declarou que a enorme quantidade de pessoas que estavam pedindo a morte de seu pai deveria despertar solidariedade imediata dos líderes do Executivo e do Judiciário, porém o que foi visto é que houve uma seletividade de indignação e Carluxo –o apelido do vereador– ainda reclamou que ninguém teria classificado como os “tais desumanos de robôs”.

Como normalmente acontece, a resposta no Twitter veio logo. O tuíte do filho de Bolsonaro gerou uma grande reação dos usuários do Twitter, com os internautas relembrando ao vereador as ocasiões em que ele e seu pai tomaram a mesma atitude, ou seja, também desejaram a morte de adversários políticos.

Lembranças

Na terça-feira (7), a foto em que Carlos Bolsonaro aparece fazendo um gesto de coração em frente a um muro pichado onde se lia um desejo de morte ao ex-presidente Michel Temer foi republicada diversas vezes. O ator Gregório Duvivier foi mais um que usou sua conta no Twitter para refrescar a memória do vereador do Rio de Janeiro. O comediante postou uma publicação com áudio do presidente Jair Bolsonaro em que o mandatário desejou que a ex-presidente Dilma tivesse um infarte.

O vereador Carlos Bolsonaro por sua vez, debochou da ex-presidente quando ela perdeu a mãe.

03

Outro filho de Jair Bolsonaro, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) também foi lembrado por sua demonstração de insensibilidade perante a dor do outro.

Muitos internautas, incluindo o ator José de Abreu e a colega de parlamento de Eduardo Sâmia Bomfim (PSOL-SP), relembraram um antigo tuíte de Eduardo em que ele ofendeu a também a deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) quando esta revelou que estava infectada com o novo coronavírus. O filho 03 de Jair Bolsonaro chamou a parlamentar de porca.

Torcida pela morte de Bolsonaro

André Mendonça, o ministro da Justiça e Segurança Pública, afirmou que irá solicitar à Polícia Federal (PF) que investigue a publicação do artigo: “Por que torço para que Bolsonaro morra”. Mendonça alegou que a investigação tem como base a Lei de Segurança Nacional.

Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Siga a página Governo
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!