O Santuário Nacional de Aparecida reabriu nesta terça-feira (28) as portas para os fiéis participarem das missas de forma presencial. Esta primeira celebração de reabertura ao público ocorreu às 6h45, com aproximadamente 100 participantes. O acesso ao interior da Basílica de Aparecida, no Vale do Paraíba, interior de São Paulo, foi interrompido há quatro meses por causa da pandemia da Covid-19. Neste período, as celebrações estavam sendo transmitidas de forma online.

Para a retomada deste processo, as autoridades eclesiais adotaram diversas medidas, prevenindo riscos de contágio pela doença. Entre elas, ocorreram treinamentos da equipe de atendimentos, instalações de totens de álcool em gel em vários pontos da Igreja, bombas costais para higienização de grandes áreas e aquisição de equipamentos de proteção individual (EPIs), para funcionários.

Segundo o portal G1, a Basílica, que anualmente recebe 12 milhões de peregrinos em seu protocolo na retomada das celebrações, vem adotando controle de acesso entre os fiéis, permitindo entrada de até mil pessoas no interior da Basílica. O local comporta até 35 mil fiéis. Ainda segundo o G1, a imagem de Nossa Senhora Aparecida, a Sala das Promessas e a Capela das Velas também estão abertas à visitação pública.

O portal A12 orienta aos interessados em visitar o Santuário Nacional de Aparecida que o uso de máscara é obrigatório para acessar o local. A manutenção do distanciamento social e a higienização das mãos também fazem parte do protocolo sanitário instituído pelo Governo do Estado de São Paulo.

Os cuidados protocolares seguem ainda, as recomendações Litúrgico-Pastorais da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Ainda segundo o portal A12, a praça de alimentação continua fechada. Porém, o visitante poderá levar o seu lanche de casa. Não estão permitidos eventos que provoquem aglomerações de pessoas como churrascos ou confraternizações nas áreas dos bosques, estacionamentos ou em volta da Basílica.

Fiel de Aparecida chega meia hora antes da missa

Outra recomendação para os devotos de Aparecida que quiserem participar das missas, é que cheguem pelo menos com meia hora de antecedência ao local. Esse tempo é necessário para que eles passem pelas providências do acesso, ocupando seu assento na assembleia.

Esse período é importante também para seu rápido retiro espiritual em preparação à celebração eucarística.

Hóstia na mão do fiel no Santuário de Aparecida

No momento da comunhão, a hóstia consagrada será colocada na mão de cada fiel, que a receberá em silêncio. O fiel não precisará responder o “Amém” ao recebê-la, pois haverá resposta de maneira coletiva, anterior a este ato. A máscara só deverá ser retirada por uma das alças, apenas no momento da comunhão, sendo recolocada em seguida também pela alça.

Subsolo de Aparecida somente pela Torre Brasília

Outra informação importante do Complexo de Aparecida é que para acessar o subsolo da Basílica, o peregrino deverá seguir somente pela rampa da Torre Brasília, com aferição de temperatura.

Neste local serão permitidas permanência de cerca de 400 pessoas no mesmo momento. O fluxo de pessoas neste local deverá obedecer sentido único, e sempre usando máscaras, mantendo o distanciamento e a higienização das mãos.

Missas continuam online

O portal UOL relata que mesmo com a reabertura da Basílica, as missas continuarão a ser transmitidas pelos canais de internet. Já a visitação da imagem de Nossa Senhora Aparecida pode ser feita de segunda a sexta-feira nos horários das 7h às 12h. Aos sábados e domingos, das 7h às 17h.

Siga a página Religião
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!