O acidente aconteceu na tarde do último domingo (13), quando duas amigas, de 18 e 19 anos, despencaram de uma altura de 30 metros no momento em que visitavam uma cachoeira em uma região de mata fechada denominada de Salto Rio Caveiras, em Lages, Santa Catarina. De acordo com informações da Polícia Civil, as vítimas foram identificadas como Bruna Rafaela Vellasquez e Monique Medeiros de Almeida. Em entrevista ao portal UOL, o capitão Jacques, da 5ª Companhia do Batalhão de Aviação de Lages, que atendeu a ocorrência, acredita que no momento da queda uma das amigas acabou se desequilibrando, enquanto a outra tentava ajudar a moça a voltar para cima das pedras, no entanto, as duas acabaram caindo.

Local onde as amigas caíram era de difícil acesso

Segundo informações da Secretaria de Turismo de Lages, o Salto Rio Caveiras, onde fica localizada a cachoeira, é de difícil acesso, mas costuma ser frequentemente procurado por oferecer belas paisagens. A Prefeitura de Lages explica que no momento não é permitido a entrada de visitantes no local, mas mesmo assim muitas pessoas costumam ir até a cachoeira para admirar a vista e tirar fotos. Outro fator que atrai os turistas para a região é o baixo nível de água da cachoeira, devido à estiagem que atinge o estado de Santa Catarina, diferentemente dos períodos de chuva, quando as pedras na beira da queda d'água costumam ficar submersas.

Amigas caíram sobre as pedras

A equipe do Corpo de Bombeiros que atendeu a ocorrência explica que quando chegou ao local constatou que Bruna já estava sem vida, enquanto Monique que ainda apresentava sinais vitais, foi socorrida e levada para o hospital Tereza Ramos, em Lages, mas acabou vindo a óbito após da entrada na Unidade de Pronto Atendimento.

Após o resgate de Monique, os bombeiros voltaram até a região e usaram um helicóptero para resgatar Bruna.

Polícia Civil instaura inquérito para investigar morte das amigas

A 3ª Delegacia de Polícia Civil em Lages instaurou um inquérito com o intuito de apurar a morte das jovens. Segundo o delegado responsável pelo caso, Raphael Quagliato Bellinati, no momento nenhuma linha de investigação está descartada, inclusive a hipótese de crime também está sendo apurada, mesmo que o caso aponte para um acidente.

A polícia investiga se no momento da queda as jovens estavam acompanhadas de mais alguém e qual foi a conduta dessa pessoa.

Sepultamento

O enterro de Bruna Rafaela Vellasquez, de 18 anos, ocorreu na tarde desta segunda-feira (14). Bastante abalados, parentes e amigos das vítimas lamentaram o ocorrido. Ela foi sepultada no cemitério Nossa Senhora da Penha, no bairro Penha, em Lages. Segundo informações, a jovem completaria 19 anos no próximo mês.

Monique Medeiros de Almeida, de 19 anos, foi enterrada na manhã desta terça-feira (15), no cemitério municipal do bairro Guarujá. Segundo informações da família, Monique era estudante do curso de enfermagem da Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac).

Siga a página Polícia
Seguir
Siga a página Opinião
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!