A cidade de São Paulo volta a ter parques, bares e restaurantes abertos a partir deste fim de semana. Segundo a reclassificação feita pelo Governo na última sexta-feira (5), havia um plano inicial de que desde o fim de semana passado até domingo (7) a cidade permaneceria na fase vermelha apenas com serviços essenciais funcionando, porém houve uma decisão por parte do governo e repensaram as medidas a serem tomadas devido a grande pressão popular da área comercial.

Agora na fase amarela, bares e restaurantes podem voltar a funcionar durante a noite e também é liberada a venda de bebida alcoólica.

Segundo um levantamento feito pela Associação Comercial de São Paulo, as restrições de horário em janeiro de 2021, prejudicaram o setor e teve uma queda significativa se comparada ao mesmo mês de 2020. A retomada dos comércios para a fase amarela simboliza para os comerciantes uma esperança para a volta do controle financeiro dos estabelecimentos.

A fase amarela contemplou as regiões: Araçatuba, Baixada Santista, Campinas, Grande São Paulo, Registro e Presidente Prudente. Essas regiões migraram da fase laranja para a amarela. No interior, as regiões de: Marília, Barretos, Taubaté e Ribeirão Preto que estavam na fase vermelha avançaram para a fase laranja, onde o comércio pode funcionar até as 20h. A região de Araraquara regrediu da fase laranja para a vermelha, acompanhando Bauru e Franca.

Entenda cada uma das fases

Entenda o que funciona em cada uma das fases propostas pelo governo de São Paulo.

Fase vermelha: alerta máximo, funcionam apenas serviços essenciais: saúde, alimentação, segurança, comunicação social, abastecimento, construção civil, agronegócio e indústria; estão liberados os serviços de delivery ou drive thru para bares, lanchonetes e restaurantes.

Fase laranja: todos os serviços são permitidos, com exceção de atendimento presencial em bares. A capacidade máxima de ocupação não pode ultrapassar os 40% da capacidade máxima do estabelecimento. Funcionamento de no máximo 8h diárias atendimento presencial permitido até as 20h, parques, salões de beleza e academia também estão liberados nessa fase.

Fase amarela: se diferencia da fase laranja pelo funcionamento máximo diário ter a duração de 10h e atendimento presencial até as 22h com exceção dos bares, que podem funcionar somente até as 20h.

Fase verde: está liberado o funcionamento de todos os estabelecimentos comerciais e serviços, desde que tenham a capacidade máxima limitada a 60% de sua lotação e está proibido qualquer tipo de evento que gerem aglomeração.

Fase azul: segue a retomada da economia dentro do chamado "novo normal".

Siga a página Política
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!