Uma Unidade Básica de Saúde em Natal, no Rio Grande do Norte, foi assaltada por bandidos portando metralhadoras. Os criminosos entraram na unidade de saúde para furtar vacinas contra a Covid-19. Ao todo, vinte doses da medicação foram levadas.

O roubo ocorreu na manhã desta segunda-feira (11), por volta das 11h, e um dos profissionais de saúde chegou a ter seu aparelho celular roubado, além de ser agredido pelos bandidos.

Coronavac

De acordo com informações divulgadas pela Polícia Militar no decorrer da tarde de hoje, foram levadas duas ampolas que contém dez doses cada da vacina Coronavac.

Durante o início da tarde, dois dos homens envolvidos foram detidos, no entanto, o terceiro homem a participar do roubo está foragido. A polícia conta com o apoio de equipes da Companhia Independente de Proteção Ambiental (CICAM) e também da Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (Rocam) para capturar o terceiro indivíduo, que estaria em posse das vacinas. Ainda de acordo com a polícia, o homem estaria usando uma tornozeleira eletrônica.

O caso

Segundo informações divulgadas pela Secretaria da Segurança Pública de Natal, os homens estariam rondando a unidade de saúde já no início da manhã. Desconfiados, os profissionais da instituição acionaram a guarda municipal. Um tempo depois, os agentes foram chamados para atender uma outra ocorrência e, neste momento, os criminosos aproveitaram para invadir o posto e executar o roubo.

Ao todo, quatro homens participaram do ato criminoso. Enquanto dois deles invadiram a unidade de saúde, outros dois permaneceram na área externa no intuito de dar cobertura aos assaltantes.

O assalto

Os dois criminosos invadiram o local, renderam os funcionários e perguntaram onde estavam guardadas as doses de vacina contra o coronavírus, já com uma caixa térmica para realizar o transporte.

Após receberem a informação, os homens invadiram a sala de vacinação e furtaram as ampolas. Um dos funcionários tentou reagir ao assalto, mas foi agredido e roubado.

A Polícia Civil está responsável por investigar o assalto. De acordo com informações fornecidas pela Sapes, os assaltantes tinham conhecimento da existência da vacina Coronavac no posto de saúde, pois foi o único medicamento furtado.

Vacinas

A unidade de saúde estava realizando a etapa de vacinação em pessoas com mais de 75 anos, por isso as ampolas estavam no local. Apesar de dois dos criminosos terem sido detidos, a bolsa térmica utilizada para transportar as vacinas já estava vazia. A polícia trabalha para encontrar o responsável pelo recebimento das doses, uma vez que acreditam que os assaltantes foram contratados apenas para executar o roubo e entregá-las a terceiros.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Polícia
Seguir
Siga a página Saúde
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!