2

Imagine poder usar um produto que tivesse a propriedade de acabar definitivamente com a Calvície – problema que afeta cerca de metade dos homens [VIDEO] e um quarto das mulheres de todo o mundo que possuem mais de 50 anos de idade – em questão de dias e sem efeitos colaterais.

Parece bom demais para ser verdade, mas segundo informações do site The Sun, a terapia miraculosa pode se tornar realidade em breve, graças a uma pesquisa conduzida por cientistas da Universidade de Manchester, localizada na Inglaterra [VIDEO], Reino Unido.

A "estrela" do tratamento é uma droga chamada WAY-316606, a qual foi originalmente desenvolvida para ser utilizada por pessoas que possuem osteoporose – nome dado à perda de massa óssea que ocorre durante o processo de envelhecimento natural.

Revertendo a queda de cabelo

O principal motivo que leva ao desenvolvimento da calvície é a chamada alopecia androgenética, causada pela interação entre uma enzima chamada 5-alfarredutase e o hormônio conhecido como testosterona – esta última substância é predominantemente masculina, mas também é produzida pelo organismo feminino em quantidades muito menores.

Quando os dois agentes citados acima se combinam em algumas partes do corpo, como acontece no couro cabeludo, forma-se a di-hidrotestosterona (ou DHT), que acaba levando ao processo de miniaturização folicular – ou seja, os folículos capilares, a partir dos quais o cabelo cresce, passam a diminuir de tamanho e os fios ficam cada vez mais ralos e finos, chegando até mesmo ao ponto de pararem completamente de nascer em alguns locais.

É justamente nesse cenário que a WAY-316606 age, bloqueando o surgimento da DHT, e de forma surpreendente, testes em laboratório mostraram que a droga foi capaz de impulsionar o crescimento dos folículos capilares humanos em apenas dois dias de terapia.

Otimismo com o tratamento

Atualmente, existem apenas dois medicamentos que combatem a alopecia – a finasterida (indicada somente para homens) e o minoxidil (que pode ser usado por ambos os sexos), mas as duas substâncias causam efeitos colaterais e nem sempre funcionam, restando ao paciente apenas a opção de transplante de cabelo.

Entretanto, segundo o The Sun, o Dr. Nathan Hawkshaw, que é o principal pesquisador por trás da descoberta recente, afirmou que está "muito otimista" com os resultados preliminares, e ele acredita que a terapia pode mesmo funcionar.

O estudo foi publicado nesta terça-feira (8) na revista científica PLOS Biology. Nos testes com a droga WAY-316606, foram usados folículos pilosos doados por mais de 40 homens que possuem algum grau de calvície, e todos os tecidos sem exceção usados no experimento começaram a germinar fios de cabelo poucos dias após o início do tratamento.

Hawkshaw revelou que o grupo de cientistas da Universidade de Manchester está no momento procurando desenvolver um meio de usar a WAY-316606 como um tratamento tópico, na forma de um gel ou xampu que possa atingir o folículo capilar de maneira simples e acessível ao público.