O ano de 2019 mal começou e já proporcionará às pessoas um fenômeno incrível na próxima segunda-feira (21). O eclipse total lunar poderá ser assistido em grande parte da Europa, África ocidental e América, incluindo o território brasileiro. Estima-se que será possível admirá-lo por mais de três horas. Esse tipo de acontecimento será o último dos próximos dois anos.

No Brasil, o eclipse acontecerá de domingo para segunda, entre 1h34 e 4h51 no horário de Brasília.

Durante esse período, a sombra da terra estará cobrindo a lua cheia causando a chamada Superlua, conhecida popularmente também como Lua de Sangue. Na primeira hora o satélite natural da terra será coberto lentamente pelo seu lado esquerdo até que seja totalmente coberto por cerca de uma hora, segundo informações fornecidas pela Nasa. Mesmo assim, a duração da fase total do fenômeno terá três quartos de horas mais curta em relação ao eclipse que ocorreu em julho de 2018, sendo considerado o mais longo do século 21.

Eclipse Total

Quando o eclipse lunar atingir sua fase total ainda poderá ser visto sem o uso de equipamentos, mas a Lua ficará na cor vermelha devido aos raios do sol não conseguirem atingi-la diretamente. Em vez disso, apenas uma pequena parte dos raios vermelhos serão filtrados através da atmosfera terrestre refletindo sobre a Lua. Para os amantes do fenômeno, essa será a última oportunidade de observá-lo em sua fase total até maio de 2021, de acordo com Bruce Betts, cientista da Planetary Society.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Horóscopo Ciência

Para assistir ao eclipse é preciso que a noite esteja com o céu limpo, no entanto, na maior parte das vezes em muitas regiões as nuvens estragam o espetáculo. Mas caso não seja possível vê-lo na próxima semana, outros eclipses lunares parciais acontecerão antes do próximo eclipse total. Para os privilegiados fãs de Astronomia que poderão assistir ao fenômeno natural, eles poderão comparar as pequenas variações nos tons de vermelho da lua durante o evento, tudo dependerá do que estará na atmosfera da Terra.

Da mesma forma que um por do sol muda sua cor de um dia para o outro, os eclipses também variam de acordo com as partículas na atmosfera, disse Bruce Betts.

Horário por região

O horário em que ocorrerá o fenômeno poderá mudar de acordo com a região por conta dos fusos horários e horários de verão [VIDEO]. Para os estados que estão dentro do horário de verão com fuso -2 horas, o início do eclipse será à 0h37 e se encerrará às 5h48.

Outros estados que estão com o fuso -3 horas o evento ocorrerá das 23h37 do dia 20 até 4h48 de 21 de janeiro. Amazonas, Roraima e Rondônia, com o fuso de -4 horas, poderão observar o eclipse das 22h37 de 20 de janeiro até 3h48 de 21 de janeiro. O Acre e o extremo leste do estado do Amazonas serão os primeiros a poder ver o espetáculo tendo como início 21h37 no domingo e fim às 2h48 do dia seguinte.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo