A notícia se espalhou em todo o mundo nesta sexta-feira (20) dando esperança a diversos países, principalmente o Brasil, que já sofre com várias vítimas dessa pandemia. A idosa de 95 anos, italiana Alma Clara Corsini, chegou ao hospital Pavullo, em Modema, no dia 5 de março e se tornou orgulho de toda equipe médica que dela cuidava,sendo a primeira infectada de sua província onde reside ,norte da Itália , a ser curada do novo coronavírus.

Além disso, a grande repercussão se deu pelo motivo de que a senhora, embora já fosse bastante idosa, também fazia parte do grupo de risco, ou seja, quanto mais idade e problemas de Saúde mais possibilidades de vir a óbito a pessoa possui.

Devido a caso favorável de recuperação da idosa, a equipe médica orgulhosa fez questão de se juntar para uma fotografia de registro do instante em que a paciente receberia alta, todos sinalizando positivo nas mãos e esboçando muita alegria no rosto.

Ademais, Alma, muito satisfeita por não estar mais com covid-19, afirmou que estava se sentindo muito bem , e disse muito feliz que os médicos eram pessoas benevolentes e que a atenderam muito bem, portanto agora seria liberada para seu lar. Tal satisfação pode ser identificada nos rostos da idosa e dos médicos que dela cuidaram durante esse período que foi registrado em uma imagem gerando imensa repercussão em todo o mundo.

Portanto, tal alegria foi compartilhada em uma fotografia nas redes sociais que viralizou o mundo, principalmente países que sofrem com os danos causados por essa pandemia do coronavírus, em ênfase o Brasil, que já lamenta suas primeiras vítimas, sendo até o momento 18 falecidos e mais de 900 casos positivos para covid-19, sem contar os diversos casos suspeitos por todo país brasileiro.

Minas Gerais decreta estado de calamidade por causa do coronavírus

Nesta sexta-feira, 20, o governador de Minas Gerais, Zema, decretou em transmissão ao vivo nas redes sociais, estado de calamidade por causa do covid-19, exigindo o fechamento de escolas, comércios e bloqueio das divisas do estado. Tais medidas radicas já deverão ser obedecidas a partir de segunda-feira, 23 de março de 2020, com o objetivo de evitar com que o vírus se espalhe tão rapidamente pela região mineira.

Durante sua transmissão ao vivo ,o governador recebeu apoio do Secretário de saúde e Estado e do Secretário-Geral de governo que reforçaram as medidas dadas, alegando que tais condutas estabelecidas fazem com que haja uma sobrecarga no serviço da saúde, e pedem que sejam proibidos eventos públicos que ultrapassem 30 pessoas, cinemas, clubes, museus e bibliotecas, caso não haja obediência às regras, as forças de segurança estarão a disposição das prefeituras para darem cobertura.

Não perca a nossa página no Facebook!