Quatro homens foram detidos após estarem usando drogas dentro de um motel. O fato foi registrado no dia 17 de junho de 2015, no bairro Brejo da Guabiraba, no Recife, capital de Pernambuco.

Segundo informações, dois deles chegaram a um motel localizado na Avenida Otacílio de Azevedo, próximo ao Brejo da Guabiraba, dizendo que queriam uma suíte. A dona do estabelecimento levou os clientes até o quarto e disse o valor. Após algumas horas, a dona do motel percebeu um certo barulho no quarto e que havia mais de duas pessoas.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Relacionamento

De imediato, ela acionou a polícia militar.

Quando os policiais [VIDEO] chegaram à suíte, perceberam que os indivíduos estavam fazendo uma festinha. Os policiais visualizaram uma certa quantidade de drogas e encaminharam os envolvidos para uma delegacia da cidade, para prestarem esclarecimentos ao delegado Yuri de Abreu.

Os homens presos disseram para o delegado que estavam no motel comemorando o aniversário de um deles. Os indivíduos ficaram detidos por estarem com uma quantidade de drogas elevada.

A dona do motel foi até a delegacia para prestar depoimento. ''Eu havia alugado o quarto para dois rapazes, mas quando fui ver, havia quatro pessoas. Em seguida, acionei a polícia [VIDEO] militar'', afirmou a empresária, que pediu para não ser identificada.

Um repórter foi entrevistar os envolvidos para saber o que de fato havia acontecido. O jornalista perguntou para um dos envolvidos o que eles pretendiam fazer no motel. Um deles disse que iriam cheirar, beber e depois ir dormir. Logo em seguida, ele perguntou aos envolvidos por que tinham quatro homens e nenhuma mulher. Um respondeu: ''O que tem, não pode?''

Logo em seguida, ele voltou a fazer outra pergunta, dizendo por que não tinha mulheres.

Um dos rapazes voltou a responder:'' Tinha não, as mulheres iram chegar depois''. Os indivíduos informaram que só tinham homens porque estavam fazendo uma festa surpresa para o amigo.

O aniversariante foi identificado como Marcelo Júnior, de 19 anos. ''Eu não tenho nada a declarar, só tenho isso a dizer''. O repórter perguntou o que eles pretendiam fazer, e Marcelo respondeu: ''O que todo mundo faz''. Quando disse isso, os outros envolvidos esconderam os rostos diante das câmeras, pois estavam envergonhado da resposta dada pelo amigo.

Quando a reportagem foi ao ar, diversas pessoas caíram na gargalhada e começaram a compartilhar o vídeo nas redes sociais. Não se tem mais informações sobre os rapazes presos.