Nesta última sexta-feira (15), uma Mulher norte-americana deu à luz sêxtuplos. O caso aconteceu em Houston, no Texas. A gravidez de sêxtuplos é extremamente rara, seguindo a proporção de 1 a cada 4,7 bilhões.

A mãe é Thelma Chiaka e deu à luz dois pares de gêmeos do gênero masculino e um par de gêmeas do gênero feminino. As garotinhas já receberam nomes e irão se chamar Zina e Zuriel.

O que mais impressiona nessa história é que Thelma não fez nenhum tipo de tratamento de fertilização, o que torna o caso dela mais raro ainda, pois é extremamente difícil uma gestação de seis bebês de maneira natural.

Publicidade

Tanto Thelma quanto todos os seis bebês estão bem, apesar de terem nascido com pouco peso --que varia entre 500 gramas e 900 gramas. Por enquanto permanecem na unidade de tratamento intensivo neonatal, de acordo com declaração do Hospital.

Apesar de ser uma probabilidade bem remota a de ter sêxtuplos, não é o primeiro caso nos Estados Unidos. No ano passado Courtney e Eric Waldrop tiveram uma grande surpresa. O casal sempre sonhou com uma família numerosa, mas no início tiveram algumas dificuldades em relação a isso.

Courtney sofreu vários abortos antes de dar a luz a seu primeiro filho, Saylor. Depois do nascimento do primeiro filho fez alguns tratamentos de fertilização assistida, que teve como resultado a gravidez de gêmeos, Wales e Brigde.

Com o objetivo de aumentar ainda mais a família tentaram engravidar novamente mas não obtiveram sucesso. Mais uma vez recorreram a tratamentos médicos para engravidar, e desta vez Courtney descobriu que estava carregando em seu ventre seis crianças.

A mãe fez a seguinte declaração ao site Pop Sugar. “Esses bebês são um milagre.

Publicidade

Porque as chances eram contrárias, em todos os sentidos, da gravidez à sobrevivência deles, assim como a nossa aceitação depois de uma surpresa dessas. Depois de toda a tempestade vem u arco-íris", e assim ficaram conhecidas as crianças, “bebês arco-íris”, devido ao fato de terem nascido em uma gravidez que veio logo após um aborto.

Os bebês ficaram internados por um curto período e ao receberem alta receberam como presente de boas vindas um ensaio fotográfico onde foi feita uma alusão a um arco-íris para registrar o ocorrido, até porque não é todo dia que alguém da à luz seis bebês de uma só vez.

A medicina avança e permite mulheres com dificuldade de engravidar à atingir a maternidade

A Maternidade é algo almejado por grande parte das mulheres, a maioria delas carregam esse virtuoso desejo de serem mães. Acontece que como exposto no caso de Curtney nem sempre é fácil conseguir atingir a maternidade.

É aí que o avanço tecnológico em conjunto com o avanço da medicina no mundo tem ajudado casais a conquistarem este sonho. Na maioria das vezes em que casais optam pela fertilização, o resultado é uma gravidez de gêmeos.

Publicidade