O ministro da economia, Paulo Guedes, em pronunciamento realizado neste domingo (17), no seminário “A Nova Economia Liberal”, ironizou o Corinthians e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O evento foi promovido pela Fundação Getúlio Vargas e o ministro do presidente Jair Bolsonaro (PSL-RJ) não poupou críticas à era petista, segundo informações do portal UOL.

Para o ministro, no Brasil, diferentemente do que ocorre em outros países, os recursos estão no topo, dessa forma, se o presidente é corintiano, há o investimento para a construção do estádio do Corinthians.

Em alusão ao ex-presidente Lula, o ministro concluiu: “ninguém consegue pagar aquilo lá”. Lula nunca escondeu ser torcedor fanático do Corinthians.

Em outro momento, Paulo Guedes mencionou, em tom de piada, que o Corinthians começa a ganhar o Campeonato Brasileiro devido aos vários “pênaltis roubados” a seu favor.

A resposta da diretoria corintiana

Os comentários do ministro da economia não repercutiram bem entre os corintianos.

O clube emitiu uma nota lamentando e repudiando a fala de Paulo Guedes. Para o clube, o ministro ofendeu os mais de 33 milhões de torcedores do clube.

Na nota, o Corinthians afirma que a ironia do ministro ofende os mais de 33 milhões de torcedores do clube, dentre os quais, muitos eleitores do Governo Jair Bolsonaro, e todos são testemunhas vivas do grande esforço do clube em honrar seus compromissos.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Jair Bolsonaro Lula

A diretoria corintiana aproveitou o momento para convidar o ministro para conhecer a Arena e acompanhar um jogo do clube mais vitorioso da década, naquela que é nas palavras do clube uma das Arenas mais modernas do mundo, e que em alusão a enorme torcida que tem é chamada de “Casa do Povo”.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo