Lula

Canal traz as principais notícias sobre o petista Luiz Inácio Lula da Silva, que conquistou em 2022 uma vitória inédita para um terceiro mandato como presidente da República.

O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva foi o idealizador do Partido dos Trabalhadores (PT) e construiu uma longa caminhada política, chegando até o topo do poder. Lula foi presidente do Brasil por dois mandatos consecutivos (2003-2007 e 2006-2010) e conseguiu eleger sua sucessora, Dilma Rousseff, nas eleições presidenciais de 2010. O petista deixou a presidência com um índice de aprovação recorde de 87%, segundos dados do Ibope. No entanto, nos últimos anos o petista se tornou réu em diversos processos, em meio às investigações da Operação Lava Jato, o que culminou com sua prisão pela Polícia Federal em 2018.

1.Lava Jato

O então juiz federal Sergio Moro determinou no dia 5 de abril de 2018 a prisão ao ex-presidente Lula. O petista se tornou o primeiro ex-presidente preso por crime comum. Na ocasião, Moro estipulou o prazo de até as 17 horas do dia 6 para que o petista se entregasse. No entanto, uma grande militância do partido se mobilizou para evitar que Lula fosse levado pelo camburão da Polícia Federal.

A entrega de Lula só ocorreu no sábado, dia 7 de abril. O petista foi levado para a Superintendência da Policia Federal em Curitiba, Paraná. De um lado, pessoas comemoraram a prisão do ex-presidente soltando fogos e enfatizando que ninguém está acima da Lei, uma das frases mais utilizadas foi: ''Lula ladrão, seu lugar é na prisão!". Já os petistas choraram ao ver o líder do seu partido na ''estaca zero''.

Desde que Moro se responsabilizou por processos da Lava Jato no âmbito de Curitiba, Paraná, a situação de Lula se deteriorou. O Ministério Público Federal (MPF) acusou o petista de diversos crimes, entre eles, lavagem de dinheiro, corrupção, obstrução de Justiça, falsidade ideológica e organização criminosa. O procurador da República e coordenador da força-tarefa da Lava Jato, Deltan Dallagnol, chegou a apontar Lula como o ''comandante máximo de um gigantesco esquema corrupto''.

2.Lula solto

Em 8 de novembro de 2019, o ex-presidente Lula foi solto. Ao deixar a sede da Superintendência da Polícia em Curitiba, após ter passado 580 dias preso, o petista disse a uma multidão de militantes que aguardavam a sua saída: "Eu saio daqui sem ódio. Aos 74 anos meu coração só tem espaço para amor porque é o amor que vai vencer neste país".

A soltura de Lula ocorreu um dia após o Supremo Tribunal Federal ter decidido, por 6 votos a 5, que um condenado só pode ser preso após o trânsito em julgado, ou seja, o fim dos recursos. Esta decisão acabou por alterar a jurisprudência que, desde 2016, tem permitido a prisão após condenação em segunda instância.

3.Novamente candidato

Em julho de 2022, durante convenção do Partido dos Trabalhadores, Lula foi confirmado como o candidato da sigla à presidência da República. Esta será a sexta vez que o petista disputa a chefia do Executivo federal (ficando em segundo lugar em 1989, 1994 e 1999, e vencendo a disputa em 2002 e 2006). Nesta eleição ele vem com uma aliança que até pouco tempo parecia impossível: o candidato a vice em sua chapa será o ex-governador de São Paulo e adversário histórico Geraldo Alckmin. O arranjo foi possível após Alckmin deixar o PSDB, que ajudou a fundar em 1988, e se filiar ao PSB. As principais pesquisas eleitorais mostram um cenário polarizado entre Lula e o atual presidente Jair Bolsonaro (PL), que busca a reeleição.

4.Terceiro mandato

Após liderar com boa margem as principais pesquisas de opinião pública durante o período eleitoral, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva confirmou seu favoritismo no último dia 30 de outubro, no segundo turno das eleições de 2022, e derrotou seu principal adversário político na atualidade, o presidente Jair Bolsonaro (PL), conquistando um inédito terceiro mandato. A diferença entre os dois candidatos, no entanto, foi a menor já registrada desde 1989, com Lula tendo ficado com 50,90% dos votos válidos (mais de 60,3 milhões de votos), e Bolsonaro, com 49,10% (mais de 58,2 milhões de votos). A vitória de Lula fez Bolsonaro se tornar o primeiro presidente desde a redemocratização do país a não conseguir se reeleger.

Em seu discurso de vitória, logo após a confirmação do resultado pelo Tribunal Superior Eleitoral, Lula adotou um tom pacificador, afirmando que a partir de 1º de janeiro de 2023 irá governar para todos os brasileiros, e não apenas para quem votou nele. "Não existem dois Brasis. Somos um único país, um único povo, uma grande nação", afirmou o petista. “Esta não é uma vitória minha, nem do PT, nem dos partidos que me apoiaram na campanha. Mas de um imenso movimento democrático que se formou acima dos partidos políticos, dos interesses pessoais e das ideologias para que a democracia saísse vencedora”, continuou.

Quem segue o canal Lula?

Maria Celia Oliveira Abreu Portal Horizonte Herculana Carlos Manuel Afonso Dulce Medeiros Gilberto Ferreira Lonir Souza
author-avatar

Fabiola Oliveira (VB)

author-avatar

Fabiola Oliveira (VB)

author-avatar

Fabiola Oliveira (VB)

author-avatar

Felipe Cherque

author-avatar

Felipe Cherque

author-avatar

Felipe Cherque

author-avatar

Fabiola Oliveira (VB)

author-avatar

Atila França

author-avatar

Felipe Cherque

author-avatar

Felipe Cherque

author-avatar

Atila França

author-avatar

Felipe Cherque

author-avatar

Felipe Cherque

author-avatar

Atila França

author-avatar

Felipe Cherque

author-avatar

Atila França

author-avatar

Felipe Cherque

author-avatar

Atila França

author-avatar

Fabiola Oliveira (VB)

author-avatar

Fabiola Oliveira (VB)

author-avatar

Monique Silva

author-avatar

Última Notícia (VB)

author-avatar

Atila França

author-avatar

Atila França

author-avatar

Atila França

author-avatar

Adriano Angelo Souza

author-avatar

Felipe Cherque

author-avatar

Abelardo Chenu Filosofia Sobre Rodas

author-avatar

Adriano Angelo Souza

author-avatar

Atila França

author-avatar

Atila França

author-avatar

Adriano Angelo Souza

author-avatar

Adriano Angelo Souza

author-avatar

Felipe Cherque

author-avatar

Atila França

Este canal conta com a curadoria do nosso especialista
splnews
Contributor
Content Manager at Blasting News
Sugerir uma correção