Lula

Luiz Inácio Lula da Silva, o primeiro ex-presidente preso por crime comum

O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva foi o idealizador do Partido dos Trabalhadores (PT) e construiu uma longa caminhada política, chegando até o topo do poder. Lula foi presidente do Brasil por dois mandatos consecutivos (2003-2007 e 2006-2010) e conseguiu eleger sua sucessora, Dilma Rousseff, nas eleições presidenciais de 2010. O petista deixou a presidência com um índice de aprovação recorde de 87%, segundos dados do Ibope. No entanto, nos últimos anos o petista se tornou réu em diversos processos, em meio às investigações da Operação Lava Jato, o que culminou com sua prisão pela Polícia Federal em 2018.

1.Lava Jato

O então juiz federal Sergio Moro determinou no dia 5 de abril de 2018 a prisão ao ex-presidente Lula. O petista se tornou o primeiro ex-presidente preso por crime comum. Na ocasião, Moro estipulou o prazo de até as 17 horas do dia 6 para que o petista se entregasse. No entanto, uma grande militância do partido se mobilizou para evitar que Lula fosse levado pelo camburão da Polícia Federal.

A entrega de Lula só ocorreu no sábado, dia 7 de abril. O petista foi levado para a Superintendência da Policia Federal em Curitiba, Paraná. De um lado, pessoas comemoraram a prisão do ex-presidente soltando fogos e enfatizando que ninguém está acima da Lei, uma das frases mais utilizadas foi: ''Lula ladrão, seu lugar é na prisão!". Já os petistas choraram ao ver o líder do seu partido na ''estaca zero''.

Desde que Moro se responsabilizou por processos da Lava Jato no âmbito de Curitiba, Paraná, a situação de Lula se deteriorou. O Ministério Público Federal (MPF) acusou o petista de diversos crimes, entre eles, lavagem de dinheiro, corrupção, obstrução de Justiça, falsidade ideológica e organização criminosa. O procurador da República e coordenador da força-tarefa da Lava Jato, Deltan Dallagnol, chegou a apontar Lula como o ''comandante máximo de um gigantesco esquema corrupto''.

2.Lula solto

Em 8 de novembro de 2019, o ex-presidente Lula foi solto. Ao deixar a sede da Superintendência da Polícia em Curitiba, após ter passado 580 dias preso, o petista disse a uma multidão de militantes que aguardavam a sua saída: "Eu saio daqui sem ódio. Aos 74 anos meu coração só tem espaço para amor porque é o amor que vai vencer neste país".

A soltura de Lula ocorreu um dia após o Supremo Tribunal Federal ter decidido, por 6 votos a 5, que um condenado só pode ser preso após o trânsito em julgado, ou seja, o fim dos recursos. Esta decisão acabou por alterar a jurisprudência que, desde 2016, tem permitido a prisão após condenação em segunda instância.

Quem segue o canal Lula?

Eudeni Nascimento José Ary Do Nascimento Ary Ariel Chagas Vitórya Maria Adriana Braga Lucas Fernando Luiz Antonio ContinEztec Contin Eztec
author-avatar

Atila França

author-avatar

Inês Jacinta Rigo Fauth

author-avatar

Inês Jacinta Rigo Fauth

author-avatar

Atila França

author-avatar

Sabrina Hamann Rocha

author-avatar

Sabrina Hamann Rocha

author-avatar

Sabrina Hamann Rocha

author-avatar

Sabrina Hamann Rocha

author-avatar

Sabrina Hamann Rocha

author-avatar

Sabrina Hamann Rocha

author-avatar

Sabrina Hamann Rocha

author-avatar

Sabrina Hamann Rocha

author-avatar

Sabrina Hamann Rocha

author-avatar

Sabrina Hamann Rocha

author-avatar

Sabrina Hamann Rocha

author-avatar

Sabrina Hamann Rocha

author-avatar

Fábio Júnior (VB)

author-avatar

Sabrina Hamann Rocha

author-avatar

Sabrina Hamann Rocha

author-avatar

Camila Sousa

author-avatar

Atila França

author-avatar

Café de Notícias

author-avatar

Victor Martins

author-avatar

Claudio Rangel

author-avatar

Wel Teodoro (VB)

author-avatar

Blog do DG (VB)

author-avatar

Wel Teodoro (VB)

author-avatar

Camila Sousa

author-avatar

Victor Martins

author-avatar

É Notícia

author-avatar

É Notícia

author-avatar

É Notícia

author-avatar

É Notícia

author-avatar

Edson Adriano Junior

author-avatar

Wel Teodoro (VB)

Este canal conta com a curadoria do nosso especialista
splnews
Contributor
Content Manager at Blasting News
Sugerir uma correção