Mais uma liga de futebol europeu foi dada por encerada. Nesta quinta-feira (30), após realizar uma votação com seus membros, a Liga de Futebol Profissional da França (LFP) formalizou que o Campeonato Francês, temporada 2019/2020, não será retomado e o Paris Saint-Germain foi declarado o campeão.

A competição foi paralisada quando restavam dez rodadas para seu encerramento e o PSG tinha 68 pontos contra 56 do segundo colocado, o Olympique de Marselha, e ainda um jogo a menos que os seus perseguidores. Dessa forma, o time da capital francesa conquista o nono título de sua história na Liga, sendo o sétimo nos últimos oito anos.

Nasser Al-Khelaïfi, presidente do clube, dedicou a conquista aos profissionais de saúde.

“Gostaríamos de dedicar este título a equipe de saúde e a todos os heróis da linha de frente”, disse o mandatário por meio de um comunicado. Ele ainda declarou que entende, respeita e apoia as decisões do governo francês que culminaram no encerramento precoce da competição. Por conta da pandemia do novo coronavírus, as partidas haviam sido suspensas em 8 de março. “A saúde, como o governo sempre disse, deve ser a prioridade de todos”, completou.

O governo francês havia declarado que não seria possível a retomada de eventos esportivos no país antes até o mês de setembro. Com isso, não haveria datas para o encerramento da competição em campo sem comprometer a próxima temporada por isso optou-se pelo seu fim.

Vagas nas competições europeias

Além do PSG, o Olympique de Marselha, que ocupava a vice-liderança, ganhou vaga direta na fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa, enquanto que o Rennes terá que jogar as fases prévias da competição. Será a primeira participação do time no torneio continental.

Com relação à disputa por vaga na Liga Europa, o país tem direito a três representantes, mas apenas o Lille ainda está garantido.

Isso porque, as duas vagas são reservadas aos vencedores da Copa da França e da Copa da Liga, competições as quais restam apenas os jogos finais e que deverão ser realizadas com portões fechados.

O Saint-Étienne disputa o título da Copa da França contra o PSG, enquanto que o Lyon terá pela frente a equipe de país na decisão da Copa da Liga.

Assim, Nice e Reims, quinto e sexto colocados, respectivamente, ficam na torcida pelo PSG para não perderem suas vagas.

Rebaixamento e acesso

Na parte de baixo da tabela, o Toulouse, que tinha apenas 13 pontos (17 a menos que a última equipe fora da zona de rebaixamento), caiu para a segunda divisão e levará junto o Amiens, que somava 23 pontos. Da segunda divisão sobem Lorient e Lens, líder e vice-líder, respectivamente.

A situação beneficiou o Nîmes, que era o antepenúltimo colocado, posição que o faria disputar um mata-mata com o terceiro colocado da segundona, que no caso era o Ajaccio

Antes da França, a Holanda também já havia encerrado sua competição doméstica, mas sem declarar nenhum vencedor ou time rebaixado para a segunda divisão, ou promovido para à elite.

O fato até gerou revolta de alguns clubes.

Siga a página Futebol
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!