O Internacional de Porto Alegre bateu o a Sociedade Esportiva Palmeiras por 2 a 0, no Beira-Rio, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro, neste sábado (19). A vitória colocou a equipe gaúcha na quarta posição no torneio, com 44 pontos. Já o Verdão deixou escapar a chance de se aproximar dos líderes da competição, e se encontra agora no sexto lugar (41).

Por tratar-se de um confronto direto contra o alviverde, a partida ganhou importância maior, inclusive pelo bom momento que vivia o rival paulista na temporada, e, principalmente, devido à despedida de um dos grandes ídolos dos donos da casa, Andrés Nicolás D’Alessandro, de 39 anos.

Durante quase toda a partida, o argentino viu o jogo do banco de reservas, pois o técnico Abel Braga escalou o Inter com Marcelo Lomba, Moisés, Víctor Cuesta, Rodrigo Moledo, Heitor, Rodrigo Dourado, Edenílson, Patrick, Bruno Praxedes, Caio Vidal e Thiago Galhardo.

Do lado oposto, o português Abel Ferreira trouxe para campo Weverton, Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez, Matías Viña, Danilo, Gabriel Menino, Lucas Lima, Raphael Veiga, Gustavo Scarpa e Willian.

Gols do jogo

Logo aos 10 minutos do primeiro tempo, em cobrança de escanteio de Moisés, Rodrigo Dourado antecipou a marcação de Matías Viña, no primeiro pau, e cabeceou forte no canto, Weverton conseguiu fazer a defesa, mas Edenílson acompanhou o lance, completando o rebote para o gol, 1 a 0.

Na etapa final os visitantes tiveram oportunidades perigosas buscando a igualdade no placar, porém quem balançou as redes foi novamente o Internacional, desta vez, através de um rápido contra-ataque, em que Edenílson lançou Yuri Alberto, aos 37’, ele dominou e finalizou encobrindo o goleiro palmeirense, fazendo um golaço que assegurou os três pontos, 2 a 0.

D’Alessandro entra em seu último confronto pelo Colorado

Aos 41 minutos do segundo tempo, D’Alessandro, dono de rica história com a camisa do Sport Clube Internacional, entrou na vaga de Patrick, para se despedir da agremiação, por qual defendeu em 517 jogos, ganhou 13 títulos, deu 113 assistências e marcou 95 gols.

Quando a disputa no gramado terminou, D’Ale foi homenageado por seus companheiros e pelo sistema de som do estádio, que passava cânticos da torcida exaltando o camisa dez: o craque chegou em 2008 e atuou por 12 anos no clube gaúcho.

Emocionado enquanto discursava, no meio de campo, D’Alessandro declarou: “A vitória hoje foi o mais importante do dia para mim; torcedor Colorado, eu agradeço muito vocês, obrigado por tudo, obrigado pelo apoio, pelo carinho e pelo respeito”.

Próximos compromissos

  • Palmeiras e América Mineiro, (primeiro duelo) pela semifinal da Copa do Brasil, nesta quarta-feira (23), às 21h30 (horário de Brasília), no Allianz Parque.
  • Bahia e Internacional, pela 27ª rodada do Brasileirão, domingo (27), às 16h (de Brasília), na Itaipava Arena Fonte Nova.

Siga a página Futebol
Seguir
Siga a página Palmeiras
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!