Uma Mulher deu à luz em casa a gêmeos do sexo feminino no último domingo (25). Porém, um dos bebês nasceu com deformidades em seu corpo. Verificou-se que a criança nasceu com quatro mãos e três pernas. A mãe foi identificada como Malama Hawwa'u Jamilu, de 24 anos.

De acordo com as informações, assim que o segundo bebê nasceu, foi constatado que tinha quatro mãos e três pernas. O caso aconteceu na cidade de Kabiru Kafinta, na Nigéria.

Conforme relatos da imprensa local, após a notícia do nascimento de um bebê semelhante aos deuses hindus, dezenas de pessoas imediatamente começaram a ir para a casa de Hawwa'u, onde ela mora com a família.

Surpreendentemente, a mãe não ficou perturbada com o físico do bebê. De acordo com site Daily Trust, ela considera a situação como a vontade de Deus.

"Ambos são mulheres. Claro que uma mulher teria adorado dar à luz bebês sem qualquer deformidade. Mas, como Deus, em sua misericórdia infinita, havia decidido criar os gêmeos assim, o que posso fazer? É por isso que você me vê relaxada e eu amo os dois", disse Hawwa'u.

De acordo com a mulher, o único comportamento peculiar exibido pelo gêmeo deformado é que tem um grande apetite. Além disso, ela afirma que a filha é normal como qualquer outro bebê.

"Você esqueceu que eu a levava no meu útero por nove meses? Eu amo minha filha e eu sei que ela é humana, apesar do seu defeito físico", disse a mulher.

Hawwa'u disse que deu à luz três vezes antes, fazendo com que os gêmeos tivessem seu quarto parto durante os seis anos de casamento.

Da mesma forma, ela disse que não fez consultas de pré-natal, dizendo que deu à luz seus outros filhos em casa, assim como os gêmeos. "Eu acho que o problema não é falhar em visitar o hospital, porque os gêmeos não são meus primeiros filhos.

Como eu disse anteriormente, é apenas a vontade de Deus. Eu dei à luz três vezes, e não experimentei nada assim. Esta é a vontade de Deus e não há nada que se possa fazer sobre isso", disse ela.

De acordo com o médico Umar Abdul'aziz, as pernas e as mãos extras do bebê podem ser removidos e criança ter uma vida normal.

"Não há nada com que se preocupar.

É um caso que pode ser tratado por especialistas após certas investigações. No entanto, é aconselhável que todas as mulheres grávidas façam pré-natal para a sua Saúde e a dos seus bebês. Muitas coisas podem ser detectadas durante a pré-natal que ajudem o nascimento seguro e correção de anormalidades. Não é apropriado neste período de desenvolvimento mundial que alguém decida ignorar o pré-natal e dar à luz em casa", disse Umar Abdul'aziz.

Siga a página Saúde
Seguir
Siga a página Mulher
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!