As festividades do Ano Novo chinês foram canceladas nesta quinta-feira (23) e a cidade de Wuhan, na China, foi fechada devido a epidemia do coronavírus originário de mercado de peixes. O misterioso vírus tem migrado para outras regiões da China e para outros países provocando a infecção de indivíduos nos Estados Unidos, Arábia Saudita, Tailândia, Japão, Taiwan, Coreia do Sul, Singapura, Vietnã, China e alguns outros países. No Brasil, surgiu uma suspeita em Belo Horizonte - MG, que posteriormente foi descartada pelo Ministério.

Suspeitas da presença do coronavírus em outros países

Já foi comprovado que a transmissão ocorre de humano para humano e total de infectados até o momento são de 600 pessoas com 17 mortes na China.

No Vietnã, o Ministro da Saúde informou que dois turistas chineses foram diagnosticados com o vírus, enquanto estavam em viagem pelo país. Já em Singapura, o primeiro caso da doença foi detectado nesta quinta-feira (23). Em países como Filipinas, Austrália, Hong Kong e Reino Unido há casos de suspeita.

O primeiro alerta da doença foi emitido pela Organização Mundial de Saúde (OMS) em 31 de dezembro de 2019, após a confirmação do surgimento de uma misteriosa pneumonia na cidade de Wuhan, China. Desde então, foram adotadas medidas de prevenção como o isolamento dos pacientes e a realização de exames com a finalidade de detectar o estado de saúde dos pacientes. Alguns aeroportos também iniciaram a triagem dos viajantes a exemplo da Austrália e dos Estados Unidos.

As cidades chinesas necessitaram tomar medidas mais sérias como a quarentena. Sendo assim, foram suspendidas a circulação de trens em duas cidades do país, onde o índice da epidemia do coronavírus está latente. Nesta quinta-feira (23), os municípios de Huanggang e Ezhou que totalizam 8,5 milhões de habitantes foram fechados.

De acordo com as informações, as três cidades que fazem parte da província de Hubei foram isoladas. A medida dura até o final desta quinta-feira (23) podendo ser estendida caso haja necessidade.

Coronavírus cancela a festa do Ano Novo chinês

Diante do quadro, a capital chinesa resolveu cancelar as festas populares que iniciariam nesta sexta-feira (25).

O governo quer evitar que o vírus se espalhe para os milhares de turistas que visitam a capital nessa época em que se aproxima a festa do Ano Novo chinês.

Suspeita de coronavírus no Brasil

No Brasil, há uma suspeita de que o coronavírus tem infectado uma mulher (35) que veio de Xangai, na China e tem apresentado os sintomas, segundo a Secretária do Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG). Mas, segundo a pasta do Ministério de Saúde o caso da mulher de Belo Horizonte não se enquadra ao ocorrido na China. A pasta também notificou que as investigações seguiram o curso definido até que haja uma conclusão.

O estado é de alerta para todos os países do mundo, pois ainda não existe vacina ou tratamento específico para curar o infectado.

Siga a página Política
Seguir
Siga a página Saúde
Seguir
Siga a página Natureza
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!