Após a Organização Mundial da Saúde declarar que a pandemia do novo coronavírus provavelmente iria colapsar muitos dos sistemas de saúde do mundo, medidas de distanciamento e isolamento social, recomendadas pela mesma, foram (ou deveriam ter sido) adotadas na maior parte do globo como forma de conter o avanço da doença e evitar a propagação do caos sanitário e funerário no planeta.

Entretanto, como consequência dessa medida de distanciamento, o sistema econômico se torna inerte e ocorre uma queda da estimativa de crescimento do Produto Interno Bruto de vários países do mundo. Tais consequências estão gerando um impasse para toda população: O que é mais importante no momento, ter dinheiro ou tentar ficar vivo?

Os grandes empresários, obviamente, estão preferindo a primeira opção, uma vez que, provavelmente não são afetados com a última devido às suas posições de privilégio.

Elon Musk estimula população a quebrar isolamento

No fim dessa quarta-feira (29), Elon Musk, conhecido empresário dos Estados Unidos, publicou no seu Twitter a seguinte frase "FREE AMERICA NOW", ou "America Livre Já", slogan utilizado por estadunidenses que defendem o fim das medidas de distanciamento social para "não quebrar a economia".

Mas Elon Musk não para por aí, minutos depois ele posta também no Twitter um gráfico com a legenda "Hospitals in California have been half empty this whole time", ou "Os hospitais da Califórnia ficaram meio vazios o tempo todo", dando a entender que está tudo bem nos Estados Unidos e que não há superlotação dos hospitais.

Ainda no Twitter, Elon fez piada com o sistema de dados utilizado para fazer estatísticas sobre a epidemiologia da Covid-19 na Califórnia: "California HHS server crashed. Maybe it has covid", ou "O servidos HHS da California travou. Talvez tenha sido o Covid".

Nas redes sociais, o CEO da SpaceX recebeu grande apoio dos seus seguidores e amigos empresários do mesmo ramo que ele trabalha, mas Elon também foi bastante criticado, tanto por americanos quanto por pessoas de outras nações.

Alguns dos internautas chegaram até a declarar que Elon só defendeu o isolamento porque a SpaceX, empresa fundada por ele, estaria sendo afetada.

Felipe Neto

A declaração de Elon não passou despercebida aqui no Brasil. Felipe Neto [VIDEO], um dos maiores influenciadores digitais que o Brasil tem hoje, usou seu Twitter para criticar a declaração de Elon Musk.

"Que surpresa, o empresário bilionário que tá tomando no [...] (qnd na verdade não está, pq podemos ficar 20 anos em isolamento e ele continuará bilionário) está gritando que as pessoas precisam voltar pras ruas e serem “livres”. Vá pro inferno, Elon Musk.", disse o youtuber [VIDEO]. Ele completou com outra publicação: "Em 2017, o próprio Elon Musk twittou: “Se um dia, minhas palavras forem contra a Ciência, escolham a ciência”. É Musk, na hora q vc viu suas empresas perdendo dinheiro, imediatamente virou as costas pra ciência. Agora, seguiremos seu conselho de 2017".

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Saúde
Seguir
Siga a página Ciência
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!