O atual presidente brasileiro Jair Messias Bolsonaro (sem partido) foi elogiado por Donald Trump, que é o atual presidente dos Estados Unidos. Os elogios foram referentes a forma de Bolsonaro administrar a pandemia do novo coronavírus no Brasil. Vírus esse que continua sendo manifestado em todas as regiões do país.

Na última sexta-feira (1°), Donald Trump se referiu a Bolsonaro como um ''grande amigo'' e proferiu alguns elogios ao brasileiro: "O Brasil foi duramente atingido, mas eles têm um presidente que está fazendo um trabalho muito bom". Além disso, Donald Trump informou que o Brasil está sendo um dos países mais afetados pela doença.

Ainda na entrevista, a Secretária de Imprensa da Casa Branca, Kayleigh McEnany, disse que "Trump tem enviado respiradores pelo mundo, mas não tem nenhum anúncio em relação ao Brasil".

De acordo com últimos dados, foram registrados nos EUA 65.605 mortes, 142 mil pessoas que conseguiram se recuperar da doença e mais de 1 milhão de casos confirmados.

Donald Trump e Bolsonaro

Nesse período de pandemia, ambos os presidentes estão sendo alvos de destaque na imprensa. No início do surto da doença, o presidente brasileiro apresentou sintomas semelhantes aos do coronavírus. Diante disso, ele foi informado por agentes da saúde a realizar um teste preventivo. Pelas redes sociais, Bolsonaro anunciou que não teria sido contaminado com a doença. Pelo fato do presidente brasileiro ter mantido contato com o republicano, Donald Trump também realizou os testes e também deu negativo para o contágio da doença.

Brasil

Já foram registrados 6.412 óbitos referentes às complicações do coronavírus, 38.039 recuperados e 92.202 casos confirmados. São Paulo é o estado do Brasil mais afetado pelo vírus. O estado apresenta 2.511 mortes e mais de 30 mil casos confirmados do vírus.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!