Uma forte onda de protestos é presenciada nos Estados Unidos após o vídeo da morte de George Floyd ter se disseminado pela web. Nas imagens, o homem negro é estrangulado por um policial branco até a morte. O acontecimento foi considerado por grande parte da população como um ato de racismo e tem gerado uma enorme repercussão.

De acordo com informações do jornal The New York Times, os policiais responsáveis pela contenção do protesto tiveram que usar bombas de gás para dispersar as pessoas e garantir a integridade da Casa Branca. O clima no país norte-americano não é nada agradável, com incêndios e estragos em Washington.

Casa Branca apaga suas luzes em meio a protestos

Em meio a onda de protestos que estão utilizando em grande parte a violência, a sede do governo americano apagou as suas luzes externas, fazendo com que os conflitos entre manifestantes e policiais acontecessem no escuro.

Com o clima tenso nos Estados Unidos, Washington D.C. é marcada por incêndios e quebra-quebras em decorrência dos protestos, que vêm acontecendo há dias.

Donald Trump é levado a bunker dentro da Casa Branca

Com o tamanho da proporção tomada pelos protestos, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, teve que ser levado a uma espécie de esconderijo subterrâneo, que fica situado dentro do recinto da sede do governo.

De acordo com as informações de pessoas que participam do partido Republicano, Trump permaneceu dentro do abrigo por cerca de uma hora.

O bunker foi criado para ser utilizado em caso de ataques terroristas, com a finalidade de ser um ambiente super seguro.

Cabe ressaltar que os protestos não têm acontecido apenas em Washington. Cidades como Boston, Nova York, Louisville e Chicago também estão sendo sede de manifestações da causa. Na internet, o movimento também chega a impressionar com o alto número de adeptos, que estão utilizando a hashtag BlackLivesMatter para demonstrar que a vida de pessoas negras tem o mesmo valor da vida de pessoas brancas.

Os funcionários do presidente disseram que os familiares de Trump não chegaram a correr nenhum risco de vida ou de dano à integridade física.

A morte de George Floyd, que ocasionou a causa, motivou várias pessoas a manifestar acerca do racismo, contando com o apoio de alguns policiais que repudiaram a atitude do colega de profissão e também do famoso grupo de hacker Anonymous.

Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!