A professora aposentada, Odete Starke Moro, mãe do juiz federal Sergio Moro [VIDEO], entrou nos holofotes nesta última segunda-feira, 7 de maio. Ao receber o prêmio da Associação Comercial do Paraná, a mãe do juiz se tornou a primeira mulher, que não é empresária, a receber o mérito.

Odete Moro recebeu a homenagem diretamente do seu filho. O juiz Sergio Moro entregou o título ''Mãe do Ano''. Em 2016, a mãe do juiz também havia recebido uma homenagem que partiu da Câmara de Maringá, sua cidade natal. Na ocasião, Odete foi homenageada no dia das mulheres, fato que deixou petistas revoltados.

Segundo a coordenadora Maria Cristina Coutinho, do Conselho da Mulher Empresária da associação, a justificativa para a professora receber a homenagem, algo inédito na associação pelo fato de sempre mulheres empresárias ganharem o prêmio, foram os ''valores morais'' que ela compartilhou com seus filhos.

Os valores enfatizam a esperança de uma ''sociedade que almeja ética, honestidade e respeito'', avaliou a coordenadora.

Devido à notoriedade do juiz Sergio Moro com a condução das investigações da Operação Lava Jato, a homenagem à mãe do juiz celebra um agradecimento à postura do magistrado a lidar com diversos casos de corrupção e lavagem de dinheiro no Brasil. Moro foi o responsável por colocar na prisão o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pela primeira vez na história um ex-presidente foi preso por crime comum.

Além do mais, Moro teve pulso firme com descobertas envolvendo a Petrobras e condenou empresários do ramo, antes nunca punidos. Em meio a elogios, o juiz também recebe críticas vindas de partidos da esquerda como o PT, um dos mais prejudicados nas investigações. Há avaliações de que Sergio Moro é parcial nas duas decisões e que ''persegue'' o ex-presidente Lula.

Moro quer deixar a Lava Jato

O juiz federal declarou que deseja abandonar as investigações [VIDEO]. Em entrevista exclusiva a IstoÉ, Moro disse que pretende estudar no exterior por algum tempo, deixando de lado a Lava Jato. O trabalho desgastante fez o juiz tomar essa decisão, no entanto isso não acontecerá em breve. Enquanto o desejo do juiz não pode se concretizar, Moro segue firme nas investigações no ano de 2018.

Sergio Moro disse que o trabalho da Lava Jato não depende só dele, mas de diversas pessoas que participam para obterem resultados. O mérito do trabalho parte das instituições e não apenas de um juiz, declarou Moro.