O presidente Jair Bolsonaro gravou um vídeo no Hospital Albert Einstein e publicou nas redes sociais, demonstrando um grande lamento por tudo o que aconteceu em Brumadinho, Minas Gerais. A cidade foi alvo de uma queda de barragem, na sexta-feira (25), e a lama invadiu a região matando várias pessoas e deixando outras desaparecidas. Uma força-tarefa está sendo realizada para poder tentar salvar mais alguma vítima ou, pelo menos, retirar os corpos que estão soterrados.

Chamando o ocorrido de "barbaridade", Bolsonaro gravou o vídeo do quarto onde ele está internado para uma cirurgia, onde retirará a bolsa de colostomia que ele utiliza desde que foi alvo de um atentado a faca durante campanha eleitoral no ano passado.

Publicidade

A tragédia foi considerada pior do que a que aconteceu em Mariana.

De acordo com a gravação, o presidente afirmou que essa tragédia acaba afetando todos nós e o Brasil está solidário com as vítimas. No sábado (26), ele sobrevoou a região e viu o estrago que a mineradora Vale acabou causando em Brumadinho. O presidente comentou que vários ministros foram colocados a par de toda a situação para ajudarem a amenizar a dor das vítimas.

Em relação a sua cirurgia, o presidente se mostrou otimista e agradeceu por todas as pessoas que estiveram orando por ele. A sua cirurgia pode durar umas três horas.

Davos

O presidente participou na semana passada no Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça, e relatou que saiu muito contente de lá e esperançoso. Segundo Bolsonaro, foi muito boa a conversa com chefes de Estados e economistas do mundo todo. Ele ressaltou que "todos gostam do Brasil".

O presidente deu um discurso breve, de aproximadamente seis minutos, e esteve jantando com os chefes de Estado. Estava marcado uma entrevista coletiva à imprensa, entretanto, em cima da hora, a entrevista foi cancelada.

Publicidade

Alguns assessores do presidente comentaram que isso aconteceu em decorrência do cansaço dele com a viagem,, no entanto, outros explicaram que o presidente não teria gostado do comportamento de alguns repórteres.

Agradecimento

Bolsonaro explicou rapidamente alguns detalhes sobre a cirurgia e enalteceu a força positiva de todos. Ele afirmou que torce para que tudo ocorra bem e os objetivos sejam alcançados mediante a decisão dos médicos.

Em mais uma mensagem de agradecimento, o presidente falou muito obrigado pelas orações e terminou a gravação dizendo: "O Brasil é nosso".

Assista o vídeo gravado do hospital e divulgado no Twitter do presidente.