Em entrevista concedida ao jornal Folha de S.Paulo, o deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) declarou que deixará o Brasil e desistirá de seu cargo político, para o qual foi reeleito em 2018 para seu terceiro mandato seguido. Em declaração feita à Folha, o ex-BBB afirmou que as ameaças sempre existiram, mas que aumentaram nos últimos anos.

Reeleito em outubro de 2018 com mais de 24 mil votos, Jean Wyllys tomaria posse no dia 1º de fevereiro, em Brasilia. Defensor dos direitos LGBT, Jean Wyllys já entrou em vários confrontos contra Jair Bolsonaro, ex-deputado do RJ e atual presidente da República.

De acordo com ele, que atualmente está de férias nos Estados Unidos, as ameaças aumentaram nos últimos anos, o que pesou na decisão de não voltar mais ao Brasil.

As informações foram confirmadas pela Folha, através da assessoria de imprensa do PSOL. Com isso, o vereador carioca David Miranda, suplente da bancada do partido no RJ, ocupará o cargo de Jean Wyllys.

Sob ameaças, Jean Wyllys vivia sob escolta policial

De acordo com o ex-deputado, as ameaças sempre existiram, mas aumentaram bastante nos últimos anos.

Mesmo sob escolta policial, desde que sua correligionária Marielle Franco foi assassinada, Jean Wyllys afirmou temer pela vida e "quer se manter vivo".

"O ex-presidente do Uruguai Pepe Mujica, quando soube que eu estava ameaçado de morte, falou pra mim: 'rapaz, se cuide. Os mártires não são heróis'. E é isso: eu não quero me sacrificar", afirmou ele durante a entrevista. "Para o futuro dessa causa, eu preciso estar vivo. Eu não quero ser mártir, eu quero viver", conclui o ex-parlamentar.

Em publicação na sua página do Facebook, o ex-parlamentar também citou o fato de familiares do ex-PM que é investigado por chefiar a milícia que pode estar envolvida no assassinato de Marielle Franco ter trabalhado para o senador Flávio Bolsonaro, e afirmou que o atual presidente, pai de Flávio, sempre o difamou de maneira aberta. Wyllys ainda acusa o presidente de homofóbico, reiterando que o ambiente no país não é mais seguro para ele.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Polícia Governo

Carreira de Jean Wyllys

Jornalista, professor universitário e político no Rio de Janeiro, Jean Wyllys chegou aos holofotes após vencer a quinta edição do Big Brother Brasil, reality show da rede Globo. Foi eleito deputado federal pela primeira vez em 2010, quando o país era comando pelo PT. Depois disso, seguiu seu mandato por 8 anos, onde conseguiu se reeleger para o 3º mandato que, de acordo com o mesmo, não irá assumir.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo