Nesta segunda-feira, 14 de janeiro, a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Tereza Cristina, concedeu entrevista à rádio Jovem Pan. Durante a entrevista, a ministra ironizou a modelo brasileira Gisele Bündchen ao dizer que a mesma deveria ser a "embaixadora" do Brasil no exterior.

Gisele é uma das brasileiras que mais defendem o Meio Ambiente, a fauna e a flora do país. Através de publicações em redes sociais e entrevistas, a modelo protesta sobre causas que poderiam acarretam em prejuízos à natureza.

Publicidade

No entanto, a ministra disse que Gisele deveria ser embaixadora do Brasil e declarar que há preservação das matas no país. Segundo a ministra, não há outro país em todo o mundo com leis como as do Brasil.

Tereza Cristina ainda disse que é um "absurdo" o que fazem com a imagem do Brasil mundo afora e caracterizou como "maus brasileiros" as pessoas que criticam. A ministra acredita que levam uma imagem negativa do setor produtivo brasileiro, algo que, segundo ela, não condiz com a realidade.

Logo após as críticas voltadas para a modelo brasileira na rádio, a ministra utilizou sua conta na rede social Twitter para fazer um "convite" a Gisele.

Veja abaixo a publicação.

Além do mais, Tereza Cristina disse que a modelo não deveria "meter o pau no Brasil" sem ter suficiente conhecimento sobre a causa.

Gisele Bundchen

A modelo brasileira conhecida internacionalmente chegou a fazer campanha contra a aprovação do código florestal.

Publicidade

Isso ocorreu durante o primeiro Governo da ex-presidente Dilma Rousseff. No entanto, Gisele criticou também o ex-presidente Michel Temer sobre decreto que extingue a Reserva Nacional de Cobre, a Renca. Em publicações nas redes sociais, a modelo mostra-se uma defensora dos direitos da natureza e faz campanhas para amenizar os danos causados ao meio ambiente.

Tereza Cristina como ministra da Agricultura

Desde que assumiu a pasta no governo de Jair Bolsonaro, a ministra avaliou que o objetivo de seu ministério seria tratar produtores "como iguais." A ministra enfatizou que os pequenos produtores iriam ganhar de volta seu espaço, pois teriam sido retirados devido "caminhos diferentes e até antagônicos" no setor da agricultura.

Tereza Cristina enfatizou que olhará para todos os produtores, independente de seu porte, por rodos estarem tratando do mesmo negócio. As declarações foram dadas durante a cerimônia de posse, no dia 2 de janeiro.