Um vídeo que está circulando nas redes sociais vem à tona com nova polêmica envolvendo Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL). De acordo com as imagens divulgas pelo jornal O Estado de S. Paulo, Queiroz, que se encontra internado para tratamento de um câncer no hospital Albert Einstein, aparece "dançando" perante à filmagem gravada por uma de suas filhas.

Vídeo viraliza nas redes sociais e causa enorme polêmica

As imagens da gravação do vídeo feito por uma das filhas do ex-assessor Queiroz, no entanto, não apresenta a data de origem da filmagem.

Publicidade
Publicidade

Porém, o conteúdo da gravação foi divulgada na manhã deste sábado (12). O jornal O Estado de S. Paulo fez a confirmação da autenticidade da gravação do vídeo. Segundo os dados apresentados na gravação, Fabrício Queiroz aparece dançando em meio à risadas e gargalhadas, quando é afirmado pela filha a respeito de que naquela momento "seria vídeo".

Ainda durante a gravação, o ex-assessor "rodopia" e logo em seguida, faz um gesto de "positivo" com as mãos.

Publicidade

Algumas pessoas próximas ao ex-assessor de Flávio Bolsonaro, classificaram o vídeo como um verdadeiro "desastre". Já o advogado de defesa de Fabrício Queiroz sinalizou que somente se manifestaria em relação ao vídeo após conversar com o seu cliente. Ao ser procurado para comentar o caso, Fabrício Queiroz resolveu não se pronunciar.

Vale ressaltar que Fabrício Queiroz chegou a faltar por duas vezes em depoimentos que foram agendados pelo Ministério Público Federal.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Jair Bolsonaro Curiosidades

Uma das principais alegações apresentadas pelo ex-assessor é relacionada a problemas de saúde. Entretanto, Queiroz já havia faltando à outras datas marcadas para depoimento juntamente ao ministério Público, ao alegar que não teria tido acesso aos autos da investigação.

Outro fator que também foi observado, é que suas filhas Evelyn Melo de Queiroz e Nathalia, que haviam sido mencionadas nos relatórios das investigações, também faltaram aos depoimentos marcados.

A família do ex-policial e ex-assessor argumentou à Justiça que "todos teriam se mudado para a cidade de São Paulo, onde devem permanecer por um tempo de caráter indeterminado em razão do tratamento médico e quimioterápico, conforme necessários, uma vez que o estado de saúde do paciente irá demandar total apoio por parte de seus familiares".

Entretanto, na terça-feira (08), Fabrício Queiroz afirmou ao jornal O Estado de S. Paulo que "estaria muito a fim de esclarecer todo o caso, mas que não contava com a ocorrência de sua doença".

Publicidade

Vídeo da gravação de Fabrício Queiroz dançando em hospital:

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo