O ator José de Abreu, que recentemente estava no ar na novela “Segundo Sol”, da Rede Globo, tem causado polêmica na internet ao dizer que é o novo presidente do Brasil, substituindo Jair Bolsonaro (PSL), que foi eleito em outubro do ano passado com 57 milhões de votos.

Nesta quarta-feira (6), Zé de Abreu postou outra mensagem de ataque a Bolsonaro em sua conta oficial no Twtitter. O ator dizia que o meteoro do presidente havia chegado. “Sou eu, seu fascista”, tuitou.

Publicidade
Publicidade

O que ele não esperava é que Bolsonaro fosse rápido para dar a resposta. “Estamos processando alguns e este ‘meteoro’ será o próximo!”, respondeu o presidente, indicando que vai processar o ator.

Muitos internautas apoiaram o presidente Jair Bolsonaro, enquanto outros ficaram ao lado de Zé de Abreu. A postagem do ator tem até o momento 6,4 mil curtidas, enquanto a do presidente está chegando em 17 mil. Muitos internautas apoiaram Bolsonaro. "Grande dia", comentou o perfil de Olavo de Carvalho no microblog.

Zé de Abreu é militante petista e já se envolveu em diversas confusões por conta de suas opiniões e manifestações políticas. Em 2016, por exemplo, teria cuspido na cara de uma mulher com quem discutiu em um bar do Rio de Janeiro.

Desde que decidiu brincar de ser presidente para provocar Bolsonaro, o ator tem recebido apoio. A deputada federal Maria do Rosário (PT-RS) e a ex-presidente Dilma Roussef manifestaram apoio a Zé de Abreu, em clara provocação a Bolsonaro. Na eleição presidencial de 2018, Bolsonaro derrotou o petista Fernando Haddad no segundo turno.

Publicidade

Ator dá nova resposta ao presidente

Após Bolsonaro ameaçar processar Zé de Abreu, o ator fez uma nova postagem em que ataca novamente o presidente. Em seu texto, ele diz que vai processar Bolsonaro também e lista os motivos: idolatrar assassinos, pedófilos, torturadores e postar pornografia.

Na terça, Bolsonaro postou um vídeo polêmico com cenas pornográficas e foi duramente criticando nas redes sociais por opositores. Apoiadores elogiaram o presidente e a hashtag "Bolsonaro tem razão" foi uma das mais utilizadas nesta quarta.

Bolsonaro vive em pé de guerra com diversos artistas. Cantores como Daniela Mercury e Caetano Veloso são exemplos de “inimigos” declarados do presidente. Os confrontos começaram antes mesmo da eleição, quando Bolsonaro anunciou que se fosse eleito mudaria a Lei Rouanet, que capta recursos para realizações de eventos artísticos e culturais.

Leia tudo