De acordo com as informações de Tales Faria, colunista do portal UOL, deputados estão suspeitando que a prisão do ex-presidente Michel Temer e os mandados de prisão contra os ex-ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco, sogro do ex-presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia, seja uma retaliação do ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio Moro.

Conforme informações de Tales Faria, a delação do operador financeiro do MBD, Lúcio Funaro, que sempre foi ligado à Eduardo Cunha, é o principal motivo da operação da PF.

Contudo, as prisões acontecem no dia seguinte após uma discussão entre Sérgio Moro e Rodrigo Maia. O ministro de Jair Bolsonaro pediu para Rodrigo Maia acelerar a aprovação do pacote anticrime entregue por ele. Maia ficou furioso com o pedido do ex-magistrado e criticou o pacote, dizendo que era uma cópia de projeto que já havia sido criado pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

O presidente da Câmara chegou a ironizar Moro, falando que trataria desse assunto do pacote anticrime apenas com o presidente da República.

Para Maia, o ministro da Justiça estaria "confundindo as bolas". Além disso, afirmou que a reforma da Previdência é prioridade e está em primeiro lugar.

Sérgio Moro rebateu Rodrigo Maia, e disse que a população quer uma resposta rápida das autoridades frente a diversos crimes que assolam o país.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Lava Jato Sergio Moro

Dia movimentado

Esta quinta-feira (21), tem sido um dia movimentado na política brasileira. No Twitter, nove dos dez assuntos mais comentados envolvem os acontecimentos políticos.

A prisão do ex-presidente Michel Temer pela força-tarefa da Operação Lava Jato do Rio de Janeiro foi o que impulsionou os comentários e se tornou uma das notícias principais.

Além de Temer, outros nomes começaram a aparecer na rede social como, por exemplo, Eduardo Cunha, que está preso.

Alguns internautas também demonstraram torcer para que a Lava Jato chegue até o tucano Aécio Neves (MG), e cobram da Justiça a prisão da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

A discussão entre Moro e Maia foi um dos destaques nas redes sociais, principalmente quando Maia afirmou que Moro é apenas um "funcionário de Jair Bolsonaro".

Já o assunto #ParabensBolsonaro foi muito compartilhado pelos internautas.

Nesta quinta (21), o Presidente Jair Bolsonaro completou 64 anos idade.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo