Na manhã desta quinta-feira (4), o empresário gaúcho Sadi Paulo Castiel Gitz, presidente da cerâmica Escurial, tirou a própria vida durante um evento sobre gás e energia em Aracaju, no estado do Sergipe. O Governo do estado lamentou o ocorrido através de nota. Os temas abordados durante o evento tratavam de assuntos relacionados à produção e oferta de gás em Sergipe, e sobre as estratégias que seriam adotadas pelo governo Estadual e Federal para a região.

Empresas e instituições envolvidas também seriam divididas na ocasião. O Ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, estava participando do evento. Em razão da fatalidade, o Simpósio de Oportunidades precisou ser cancelado, o que foi informado pelo governo por meio de nota.

Governador de Sergipe realizava discurso

Segundo informou o site R7, no momento do ocorrido, o governador de Sergipe, Belivaldo Chagas, discursava quando o empresário atentou contra a vida, atirando em sua própria cabeça.

Segundo informações, Sadi Gitz teria se levantado durante a fala do governador e afirmado: "Belivaldo, você é um grande mentiroso". Logo após, realizou o disparo. De acordo com a TV Atalaia, afiliada da Record TV em Sergipe, o empresário seria presidente de uma fábrica de cerâmica localizada no município de Nossa Senhora do Socorro, na Grande Aracaju. A fábrica teria entrado em processo de recuperação judicial no mês de maio.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia Jair Bolsonaro

A fábrica teria perdido inúmeros empregos diretos e indiretos. O motivo central para que o negócio entrasse em processo de hibernação seria o alto custo do preço do gás cobrado pela Sergipe Gás (Sergas), empresa que possui concessão do Governo do Estado. De acordo com informações do jornal O Estado de S. Paulo, a Cerâmica Escurial vinha consumindo gás com pagamento antecipado e há cerca de dois meses suspendeu as atividades por falta de recursos financeiros.

Perfil do empresário Sadi Gitz

Ainda de acordo com o site R7, o empresário Sadi Paulo Castiel Gitz nasceu em Porto Alegre e era graduado em Engenharia Mecânica, Matemática e Administração. O empresário possuía pós-graduação em sua área de atuação. No serviço público, Sadi atuou na SMTT (Superintendência de Transporte e Trânsito) e na Emsurb (Empresa Municipal de Serviços Urbanos). Atualmente, o empresário era diretor e presidente da Cerâmica Sergipe S/A, empresa a qual fundou na década de 1980.

Segundo o Estadão, o governo do estado de Sergipe também usou as redes sociais para lamentar o ocorrido. Através do Twitter, a nota oficial publicada lamenta o ocorrido com o empresário e informa que diante do fato, o Simpósio de Oportunidades estaria cancelado devido ao fato.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo