Após 14 anos afastada da TV, a atriz Lucélia Santos fará o seu retorno às telinhas. A última produção a contar com a presença da atriz foi "Cidadão Brasileiro", de 2006, exibida pela Record TV. Entretanto, em breve a atriz integrará o elenco de "Vida Louca", novela escrita por Rui Vilhena para o canal português TVI.

Porém, se o novo papel em Portugal é um motivo para que Lucélia comemore, a situação do Brasil não é algo que ela consegue ver com bons olhos. Ainda que esteja vivendo na Europa, Lucélia afirma que desde que o atual presidente da República, Jair Bolsonaro, assumiu o comando do país, ela não tem mais conseguido dormir bem.

Em entrevista ao portal UOL, a atriz ressaltou que os acontecimentos cotidianos no território nacional a deixam angustiada, especialmente quando ela pensa a respeito do que está acontecendo com o meio ambiente. Lucélia apontou que cenas relativas a queimadas e a morte de bichos fazem com que ela “morra junto”, uma vez que a atriz é bastante conectada às causas ambientais.

Para além da defesa do meio ambiente, Lucélia também sempre manteve firme o seu posicionamento político de esquerda. Ela ressalta que, atualmente, um dos pontos que mais a deixam assustada na nova gestão do Brasil é o que está sendo feito da Amazônia.

Não faz muito tempo que uma série de dados revelando a alta de desmatamento na floresta foi divulgada pelo Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Especiais).

Entretanto, os dados apresentados pelo instituto foram questionados pelo presidente da República, e o presidente da Inpe acabou sendo exonerado do cargo.

A respeito disso, Lucélia afirmou que a destruição da Amazônia é assustadora para ela, uma vez que se trata de algo irreversível e capaz de prejudicar não só a humanidade, mas como todas as formas de vida presentes no planeta.

Críticas na TV portuguesa

A atriz levou mais algumas críticas ao governo de Jair Bolsonaro à TV portuguesa em uma entrevista recente. Após o fato, Lucélia Santos acabou sofrendo ataques de apoiadores do governo nas redes sociais e sendo acusada de tentar arranhar a imagem do Brasil no exterior.

Nesse sentido, é possível destacar que Joice Hasselmann, líder do governo na Câmara dos Deputados, compartilhou em suas redes sociais um vídeo no qual a atriz tecia críticas ao governo.

Na legenda da postagem, Hasselmann caracterizava a atriz enquanto militante e histérica.

Entretanto, Lucélia Santos faz questão de destacar que nenhuma de suas críticas está relacionada ao Brasil, país que ela afirma amar e somente exaltar quando está no exterior. As críticas estão ligadas à gestão de Jair Bolsonaro, que foi caracterizada pela atriz como cruel e chamada de “desgoverno”. Além disso, Lucélia também define o atual governo como malicioso e reafirma os possíveis laços com a milícia.

Indo além, a atriz chega até mesmo a afirmar que os envolvidos no governo Bolsonaro não são humanos, mas antes "alienígenas do mal que se estabeleceram em Brasília".

Em tom de ironia, Lucélia chegou a afirmar que para conseguir chegar ao poder, o clã de Bolsonaro deve ter se utilizado de alguma droga, colocada nas redes sociais e na água das pessoas, de modo que todos se tornem dominados e desconectados da realidade palpável.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!