O médico oncologista, Nelson Teich, é o novo ministro da Saúde do Governo do presidente Jair Messias Bolsonaro. Após uma rápida conversa com o presidente Bolsonaro, na tarde desta quinta-feira (15), o então ministro da Pasta, Luiz Henrique Mandetta, publicou sua demissão, em sua conta no twitter. Além de informar a demissão, Mandetta, que atuou como deputado federal de 2011 a 2019, agradeceu a oportunidade que teve de gerenciar o Sistema Único de Saúde (SUS), colocando em pé o projeto para melhorar a saúde do povo brasileiro.

Médico Ortopedista, Mandetta também salientou a oportunidade no combate da pandemia do novo coronavírus, que ele acredita, a curva mais acentuada ainda está por vir, e agradeceu toda equipe que o acompanhou todo esse tempo.

A exoneração do médico ortopedista,que rogou a Deus e Nossa Senhora Aparecida para abençoarem o Brasil, foi publicada ainda nesta quinta-feira em edição extraordinária do Diário Oficial da União (D.O.U).

Embates públicos provocaram saída de Mandetta

O médico ortopedista gerenciava o Ministério da Saúde desde o início do Governo Bolsonaro, em janeiro de 2019. Porém, nos últimos tempos, ambos vinham protagonizando divergências em público. Contrariando as recomendações das autoridades brasileiras de Saúde, e da Organização Mundial de Saúde (OMS), de manter o distanciamento social e usar máscaras, o presidente Bolsonaro fez exatamente o contrário.

Bolsonaro saiu às ruas sem qualquer proteção e cumprimentava pessoas sem qualquer preocupação com o coronavírus.

Nelson Teich assume Ministério da Saúde

Novo ministro da Saúde, o médico oncologista, Nelson Luiz Sperle Teich, teve sua nomeação publicada no Diário Oficial da União, na mesma edição informando a exoneração de Mandetta, neste dia 16 de abril.

Teich, assim como o ex-ministro, defende o isolamento social no enfrentamento à pandemia do coronavírus. Atualmente, o Brasil conta com mais de 30 mil casos confirmados e 1.924 mortes. De acordo com a Revista Exame Abril, em poucas palavras no Planalto e sem espaço para questionamentos, Teich disse haver afinidades com Bolsonaro na estratégia de combate ao novo coronavírus.

A importância de testes em massa, trabalhando dados e inteligência, revelando a proporção do problema a ser enfrentado pelo Brasil, também permeou o rápido discurso de Teich.

Novo ministro

O novo ministro da Saúde, Nelson Teich é formado em medicina pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ). Sua especialização em oncologia ocorreu no Instituto Nacional de Câncer (INCA). O oncologista pratica sociedade no empreendimento Teich Healf Care, uma consultoria de serviços médicos.

Quem também ‘colhe os louros’ da nomeação de Teich, é o secretário de Comunicação Presidencial, Fábio Waijgarten, um dos principais apoiadores desse nome para o principal cargo da Saúde Brasileira.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Siga a página Política
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!