Durante uma entrevista coletiva realizada na manhã desta sexta-feira (24), Sergio Moro convocou uma entrevista coletiva para realizar um novo pronunciamento. Surpreendendo a todos, Sergio Moro informou que estaria deixando o Governo depois de não concordar com alguns posicionamentos do atual presidente da república, Jair Messias Bolsonaro (sem partido).

Em discurso durante a coletiva de imprensa, Sergio Moro apontou motivos para saída do governo. "O presidente me disse mais de uma vez, expressamente, que ele queria ter uma pessoa do contato pessoal dele, que ele pudesse ligar, que ele pudesse colher informações, que ele pudesse colher relatórios de inteligência, seja diretor, seja superintendente'', disse.

Sérgio Moro teria pedido para sair após ficar surpreso com a exoneração do diretor-chefe da Polícia Federal, identificado como Maurício Valeixo. A exoneração foi publicada na manhã desta sexta-feira (24) pelo 'Diário Oficial da União', onde Sérgio Moro afirmou que não teria assinado a exoneração para que Valeixo deixasse o cargo, de acordo com informações do jornal R7.

Com a declaração da saída do governo, muitas pessoas ficaram inconformadas e relacionaram a saída de Moro com o atual presidente da república.

Em um ato de repúdio a Bolsonaro, muitas pessoas registraram 'panelaços', ato esse que foi adotado por algumas pessoas, tendo em vista que não é possível ir as ruas manifestar por conta da proliferação do novo coronavírus.

Em São Paulo, Rio, Fortaleza, Recife, Belo Horizonte e Florianópolis, por exemplo, o presidente Jair Bolsonaro foi alvo de gritos "Fora, Bolsonaro!" enquanto pessoas batiam panelas.

Pelas redes sociais, o presidente se manifestou sobre a saída do ministro de forma tímida.

Repercussão do caso

Com a saída do atual ministro da justiça, muitos veículos de imprensa internacional estão dando ênfase ao caso. Além disso, muitos artistas e parlamentares estão se pronunciando a respeito da saída de Sérgio Moro do governo.

Recentemente, o atual apresentador do programa 'Agora é Tarde', do SBT, usou suas redes sociais para se posicionar sobre o respectivo caso e ainda criticou a atual postura do presidente da república referente aos problemas do país.

''Surfou na onda do politicamente incorreto. Surfou na onda do Guedes. Mentira acima de tudo, traição acima de todos'', diz parte do texto crítico ao atual chefe do executivo.

Em pouco minutos, a publicação já conta com a participação de mais de 20 mil curtidas e cerca de 5 mil comentários. Muitas pessoas que acompanham o apresentador foram favoráveis a opinião exposta por ele referente a Bolsonaro.

Siga a página Sergio Moro
Seguir
Siga a página Política
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!