Na manhã deste domingo (3), Sergio Moro, ex-ministro do Governo Bolsonaro, publicou uma mensagem em seu Twitter dizendo que ''há lealdades maiores do que as pessoais''. A publicação de Moro está tomando grande repercussão nas redes sociais, pelas quais muitos apoiadores do atual governo entende que essa frase foi para o atual presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido).

O tweet já conta com a participação de mais de 40 mil curtidas e cerca de 21 mil comentários. Muitos internautas estão sendo a favor das criticas feita por Moro em razão do atual governo.

Após deixar o ministério, Moro tem sido bastante presente nas redes sociais, onde apresenta todos os problemas que encontrou quando exercia funções políticas.

Na tarde deste último sábado (2), o ex-juiz federal Sérgio Moro realizou um depoimento à Polícia Federal e à Procuradoria-Geral da República em Curitiba (PR), no qual ele comentou todos os problemas relacionados ao atual presidente da República.

O depoimento durou por mais de 8 horas, quando o ex-ministro informou todos os problemas que encontrou enquanto mantinha o cargo político e voltou a reafirmar que houve interferência de Bolsonaro nas investigações dos inquéritos da Polícia Federal.

Sergio Moro e saída do governo

O ex-juiz federal surpreendeu a todos, até mesmo o atual presidente da republica ao informar que iria sair de governo.

De acordo com informações, Sérgio Moro deixou o cargo de ministro da Justiça e Segurança após ele identificar no 'Diário Oficial da União' que Bolsonaro teria demitido o diretor-chefe da Polícia Federal identificado como Maurício Valeixo.

De acordo com informações, Moro havia não sido notificado pelo presidente da república sobre a demissão de Valeixo.

Mediante a esse e outros demais problemas, o ex-juiz decidiu realizar um pronunciamento ao vivo quando informou que não iria mais exercer a função de ministro proposta pelo próprio Bolsonaro quando foi eleito a presidente da república.

Presidente da República

Com a saída de Moro no governo, o atual chefe do executivo se posicionou sobre o caso, informando que havia ficado bastante decepcionado com Moro.

''Eu era apenas um deputado, humilde deputado como é ou como são a maioria dos que estão no parlamento brasileiro. Não vou dizer que chorei porque estaria mentindo, mas fiquei muito triste", disse Bolsonaro.

Mesmo com a saída de Moro do governo, Bolsonaro continua a mencionar o ex-ministro durante algumas entrevistas coletivas que realiza.

Siga a página Sergio Moro
Seguir
Siga a página Política
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!