O vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) corre o risco de ter que desembolsar alguns dólares para se livrar de mais uma polêmica em que se envolveu. O filho 02 do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) criou polêmica em relação a uma viagem da família do casal de apresentadores da Rede Globo Luciano Huck e Angélica para a ilha Saint-Barth, no Caribe.

Carlos compartilhou fotos dos momentos de lazer do casal de globais e ainda fez críticas a eles por terem viajado em plena pandemia, após terem pedido tanto para que as pessoas ficassem em casa.

Mas para azar do vereador, as fotos são de propriedade de uma agência norte-americana, a Grosby Group, que vendeu as imagens com exclusividade para a Editora Globo. Resumindo, Carlos Bolsonaro não tinha o direito de divulgar as fotos.

Notificação

O representante da agência Grosby Group no Brasil, Francisco Cepeda, afirmou que o vereador receberá uma notificação por ter usado indevidamente as imagens e que ainda poderá ver suas contas nas redes sociais bloqueadas por causa dessa situação.

Cepeda explicou que o material que o vereador divulgou sem autorização é de exclusividade da Editora Globo. O autor das fotos foi um fotógrafo francês que está passando uma temporada na ilha do Caribe. "É o trabalho do cara.

Qualquer outra pessoa não pode simplesmente fazer um print e ficar usando", declarou Cepeda em entrevista à coluna de Fábia Oliveira, do jornal O Dia.

O representante da agência ainda afirmou que a empresa irá entrar em contato com o vereador e, caso não consiga nenhum tipo de resposta, irá pedir o bloqueio das contas de Carlos nas redes sociais, e se ainda assim não chegarem a nenhum acordo, irá para a Justiça.

Francisco também explicou que ainda que o conteúdo tenha sido vendido com exclusividade para a Editora Globo, a Grosby Group estaria disposta a negociar com Carlos para que ele pague 300 dólares para manter o direito de usar o material, caso seja de seu interesse.

2022

Não é difícil entender o interesse de Carlos Bolsonaro em atacar o apresentador da Rede Globo, Luciano Huck.

O marido de Angélica é um possível candidato à presidência da República em 2022, o que o tornaria concorrente de Jair Bolsonaro.

Na mesma publicação em que criticava Angélica e Luciano Huck, Carlos também aproveitou para ironizar o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), ainda mais assegurado como candidato a presidente do que Luciano Huck. No último dezembro, o governador de São Paulo decretou lockdown no estado para tentar conter a Covid-19, mas viajou para Miami, o que acabou pegando mal para o tucano.

Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Siga a página Política
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!