Foi divulgada nas redes sociais do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), nesta segunda-feira (29), trecho de uma entrevista concedida à agência de notícias chinesa Xinhua. Nas últimas semanas, o petista tem se dedicado a falar com a imprensa internacional.

Lula voltou a criticar a Lava Jato

No trecho veiculado nas redes sociais, o ex-presidente voltou a fazer duras críticas ao juiz Sergio Moro. As investigações conduzidas por Moro resultaram na prisão do político no caso do triplex do Guarujá.

No início do mês, decisão do ministro Edson Fachin do Supremo Tribunal Federal (STF) anulou diversas provas de corrupção contra Lula, alegando incompetência da justiça do Paraná para julgar os casos do tríplex, sítio de Atibaia e duas ações referentes ao Instituto Lula.

Na última semana, o juiz também foi considerado suspeito pelo STF no julgamento dos casos. Assim, o petista está apto para concorrer a eleição presidencial de 2022.

Na sua fala, Lula condenou o processo aberto contra ele. "Quando houve todo esse processo contra mim, eu desde o começo, parecia que eu estava radicalizando, mas desde o começo, eu dizia que eu duvidava e desafiava um empresário, um político, um jornalista, um adversário a apresentar uma única prova que eu tivesse cometido qualquer ilícito nesse país", desabafou.

O ex-presidente Lula não poupou críticas a Sergio Moro. "Eles não só não apresentaram como construíram, como disse o ministro Gilmar Mendes [do STF] na votação dele [da suspeição de Moro], a maior mentira jurídica de 500 anos da História do Brasil.

Eles construíram uma mentira pra tentar criminalizar o PT, para afastar a presidenta Dilma e para me prender para que eu não pudesse participar do processo eleitoral em 2018", completou Lula.

Lula reclama da imprensa e da elite brasileira

O político disparou contra a grande mídia na cobertura da Lava Jato. “Eu disse ao Moro: vocês estão condenados a me condenar porque deixaram a mentira ir longe demais.

E qual é o problema? Eu sei que é difícil apagar isso. Porque como é que a imprensa, que foi induzida a contar mentiras o tempo inteiro pelo relatório do Ministério Público da Operação Lava Jato, como é que é possível fazer a imprensa pedir desculpas?”, reclamou o ex-presidente.

Ainda no trecho divulgado na sua rede social, Lula polemizou em declaração sobre a elite.

"Eu cometi o 'crime' de acreditar de que era possível construir um outro país, um país com crescimento, com distribuição de riqueza, com geração de emprego, com investimento na educação, com investimento na saúde. Então, eles acharam que um 'criminoso' que faz tudo isso não pode voltar a governar, porque a elite brasileira ainda tem a cabeça na escravidão", exclamou Lula.

Siga a página Sergio Moro
Seguir
Siga a página Lula
Seguir
Siga a página PT
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!