As Eleições 2022 já movimentam o cenário político do Brasil. A população já pensa em quem pode ser o mandatário do país nos próximos anos. Neste cenário, alguns possíveis candidatos estão em análise em pesquisas para intenção de votos da população. Entretanto, alguns desses nomes ainda não são oficialmente confirmados. Sendo assim, o instituto Paraná Pesquisas realizou um levantamento entre os dias 25 de fevereiro e 1º de março. A revista Veja divulgou o resultado na manhã desta sexta-feira (5).

Eleições 2022: Bolsonaro lidera nas intenções de voto

O levantamento mostrou possíveis cenários das eleições 2022 com Jair Bolsonaro em segundo turno. Em um primeiro cenário, segundo a pesquisa, Bolsonaro lidera com 31,9% dos votos, seguido do ex-juiz e ex-ministro Sergio Moro, com 11,5%, Fernando Haddad (PT), com 10,5%, Ciro Gomes (PDT), com 10%, e Luciano Huck, com 8%. Os 4 possíveis candidatos aparecem tecnicamente empatados dentro da margem de erro, que é de 2 pontos percentuais.

Ainda neste possível cenário, o apresentador Luciano Huck aparece empatado com João Doria (PSDB), governador de São Paulo, com 5,3%. Doria se encaixa na mesma situação que Guilherme Boulos (PSOL), que tem 3,2%, e João Amoêdo (Novo), com 2,8%.

Haddad e Ciro Gomes aparecem como principais opositores de Bolsonaro nas eleições 2022

Dentre os possíveis candidatos mencionados na pesquisa, os mais prováveis são Haddad e Ciro Gomes, que disputaram as eleições 2018. Assim como nas eleições passadas, os candidatos aparecem como principais opositores de Bolsonaro nas eleições 2022.

Sergio Moro aparece como um forte opositor de Bolsonaro nas eleições, porém, o ministro não demostrou interesse em fazer parte da disputa.

João Doria se contrapôs a Bolsonaro em relação ao combate ao coronavírus e tentou alavancar a candidatura, entretanto, não conseguiu bons números na pesquisa.

Luciano Huck ainda não oficializou candidatura para eleições 2022

Segundo informações da revista Veja, Luciano Huck demonstra grande desejo de correr às eleições presidenciais em 2022. Além disso, devido ao arroubo intervencionista de Bolsonaro na Petrobras, o nome do apresentador tem ganhado fôlego e pressão para que ele se torne candidato. Entretanto, o apresentador ainda não formalizou se entrará na disputa presidencial. Segundo a Veja, ele tem até a metade deste ano para sinalizar se concorrerá às eleições. Caso a resposta seja positiva, o apresentador deve deixar seu contrato com a TV Globo. Segundo informações da revista, a emissora indicou o nome de Huck para substituir o apresentador Fausto Silva, no “Domingão do Faustão”, que encerrou o contrato com a empresa.

Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Siga a página Política
Seguir
Siga a página Eleições
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!