Estreou na Netflix na última sexta-feira (15) a série francesa “Recursos Desumanos” (Dérapages). A produção de seis episódios é baseada no romance “Cadres noirs”, escrito por Pierre Lemaitre e lançado em 2010. A edição brasileira tem o mesmo título da série da Netflix Brasil. A produção é dirigida por Ziad Doueiri e tem no elenco: Éric Cantona, Suzanne Clément, Alex Lutz, Gustave Kervern, Alice de Lencquesaing, Louise Coldefy, Nicolas Martinez e Adama Niane.

A trama

Alain Delambre (Éric Cantona) é um homem de 57 anos que trabalhou por muitos anos como gerente de RH, porém ele foi demitido por causa de sua idade avançada e se encontra desempregado há seis anos.

Alain é casado com Nicole (Suzanne Clément), com quem mora em um apartamento modesto que o casal ainda está pagando.

O protagonista trabalha em uma fábrica e um dia seu chefe lhe dá um chute, toda a frustração que Alain vinha sentindo por causa de sua situação vem à tona e ele então perde o controle e revida o ataque dando uma cabeçada no seu superior hierárquico.

A partir de então sua vida se torna um caos, desempregado, ele ainda está correndo o risco de ter que pagar 100 mil euros por agressão. Subitamente aparece para Alain uma esperança, ele é aceito em uma entrevista de emprego no setor de recursos humanos da poderosa empresa Exxya, a partir de então, sua vida irá mudar de forma irreversível.

A série francesa segue uma estrutura narrativa bem similar ao romance em que ela é inspirada. Logo em seu início é mostrado o protagonista com a cabeça raspada e uma barba à la D. Pedro I. O personagem se encontra em um ambiente que não dá para identificar exatamente onde é, dando a impressão de se tratar de um esconderijo, ou algum quarto de hotel, em que ele narra o que aconteceu até chegar naquele ponto, então é visto o seu visual antes de raspar a cabeça e uma barba convencional.

O ex-atacante do Manchester United, Éric Cantona é o grande destaque da série, desde o primeiro momento seu personagem, mesmo tendo atitudes extremamente questionáveis, consegue cativar o espectador a ver como terminará a saga da deste homem amargurado. Embora as duas séries não tenham nada a ver uma com a outra, a trajetória de Alain Delambre lembra em alguns aspectos a saga de Whalter White (Bryan Cranston), o protagonista da clássica “Breaking Bad”.

A fotografia de “Recursos Desumanos” aposta nos tons frios, e em uma câmera nervosa, que coloca o espectador dentro da ação em alguns momentos, um bom exemplo disso é a sequência em que Delambre está ameaçando os reféns. Além destes recursos, a boa atuação de Cantona colabora para o clima de tensão na obra.

Invasão francesa

Uma curiosidade na série é a presença do ator Adama Niane, o Paul de outra recente produção francesa da Netflix, o filme “Estranhos em Casa”, em que o ator vivia o pacato professor Paul. Na nova série do serviço de streaming ele interpreta um mercenário perigoso.

Siga a página Famosos
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Siga a página Seriados
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!