O Programa de Humor da Rede Globo Tá no Ar: a TV na TV exibiu uma cena na última terça-feira (15) criticando e debochando do presidente Jair Bolsonaro (PSL). A cena, intitulada Vila Militar do Chaves, foi inspirada no seriado mexicano transmitido pelo SBT.

O ator que interpretou o personagem foi Marcelo Adnet que, vestido de capitão do exército, chega à vila e Chiquinha grita: “Ele Não”, referindo-se aos protestos contra Bolsonaro durante a eleição de 2018.

Durante a cena, o nome de Bolsonaro não é citado, mas o comediante imita a voz e falas bastante usadas pelo presidente. O militar diz que a vila estava sendo administrada por um incompetente e que iria administrá-la e que resolveria os problemas causados pela má administração. O militar chamou vários personagem de vagabundos, começando por seu Madruga, por estar desempregado, o Chaves, por não ter onde morar e viver em um barril, além do professor Girafales, a quem ele acusou de ensinar a “ideologia de gênero” na escola e criar o “kit gay”.

A cena também trouxe críticas à ministra Damares Alves. Dona Florinda sai de dentro de casa e procura saber o que está acontecendo e logo o militar a crítica por está vestindo azul se é mãe solteira e que por isso o seu filho (Kiko) está com o jeito afeminado. Por fim, ele grita com a plateia e diz que estão todos demitidos, fazendo alusão ao ministro Onyx Lorenzoni, que pediu a exoneração de vários funcionários da Casa Civil.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Jair Bolsonaro Curiosidades

Ele também pede um motorista, referindo-se ao caso envolvendo o ex-motorista do senador Flávio Bolsonaro, filho do presidente.

Já é algo comum a interpretação de políticos e outras figuras da mídia durante os programas de comédias na Rede Globo. Em programas como Zorra Total e outros, sempre aparecem essas figuras em papéis interpretados por atores de forma lúdica e engraçada. E não é a primeira vez que Adnet interpreta Bolsonaro. Durante as eleições de 2018, ele imitou de forma satírica o então candidato, e também já imitou outros presidentes.

Sem citar nomes, Faustão fala de governo 'imbecil e idiota'

O apresentador Fausto Silva, o Faustão, fez criticas aos governantes. Sem falar nomes, o apresentador disse que quem está no poder pode até ser honesto, mas é um imbecil e idiota que quer ferrar com todos brasileiros.

Faustão disse que o povo, muitas das vezes, se une para ir ao Carnaval ou torcer pela seleção, mas que isso não acontece em áreas mais sérias, pois o povo deveria se unir para reivindicar melhoras na saúde, educação e segurança.

A fala do apresentador teve muita repercussão e logo o apresentador quis esclarecer, já que muitos acharam que ele estava falando do atual presidente Jair Bolsonaro (PSL). Em vídeo, Faustão disse que em momento algum ele se referiu ao atual presidente.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo