O discurso usado por Bolsonaro durante a cerimônia de posse presidencial, que aconteceu nesta segunda-feira (1°), fez a presidente do Partido dos Trabalhadores (PT), Gleisi Hoffamann, pronunciar-se. Após Bolsonaro subir a rampa e receber a faixa das mãos do ex-presidente Michel Temer (MDB), Bolsonaro disse em seu discurso, dentre outras declarações, que naquele momento começou um processo de libertação do socialismo.

Gleisi criticou a fala do presidente, dizendo que para um governo ter um bom começo é preciso que tenha projetos e planos e se o mesmo não possui é necessário que haja um inimigo para combatê-lo.

Publicidade
Publicidade

Segundo a petista, o PT não está intimidado com as declarações feitas por Bolsonaro e irá enfrentá-lo.

Para a deputada, disse que Bolsonaro demonstrou que não está na direção certa ao fazer está escolha, pois o país tem atualmente 15 milhões de pessoas sem boas perspectivas e que socialismo os ajudariam bastante.

A presidente planeja uma grande reunião com todos os líderes da sigla no Congresso, a cúpula da Fundação Perseu Abramo e também do instituto Lula no próximo dia 14 deste mês para uma discussão sobre forma de atuação do governo de Bolsonaro e que oposição é oposição.

Publicidade

Nos bastidores, dirigentes de outros partidos que tem a mesma linha de pensamento de Bolsonaro disseram que o presidente errou ao não falar de empregos e outros problemas que o país enfrenta.

Posse de Bolsonaro aconteceu na última segunda-feira (1)

Jair Messias Bolsonaro (PSL) tomou posse do cargo de Presidente da República nesta última segunda-feira (1°). Ele saiu da Granja do Torto seguindo para a praça dos três poderes em Brasília. Ao chegar enfrente a catedral Bolsonaro fez o sinal da cruz e cumprimentou o padre João Firmino que lhe parabenizou e fez uma oração.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Jair Bolsonaro

Devido ao ataque que sofreu o presidente estava meio receoso e não queria desfilar em um carro aberto, mas acabou decidindo por desfilar no Rolls-Royce conversível. Junto com ele estava a primeira-dama Michele Bolsonaro e um de seus filhos eleito vereador, Carlos Bolsonaro.

Bolsonaro demonstrou que estava bastante emocionado, pois ele começou a enxugar lágrimas que caiam de seus olhos durante o trajeto. Depois Bolsonaro seguiu para o Plenário da Câmara onde assinou o termo de posse e fez um breve discurso logo depois seguiu para o Palácio do Planalto e o Itamaraty.

Primeira dama faz discurso em Libras

Em seu discurso a primeira dama usou Libras, pois queria fazer um discurso direto às pessoas surdas e mudas e outros tipos de deficiências. Michela Bolsonaro disse que irá olha para essas pessoas que estão esquecidas e que lutará para garantir os direitos destas pessoas.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo