Avisos que recomendam parar de fumar são muitos. Quando lidos em maços de cigarro eles evidenciam a hipocrisia do marketing. Campanhas que recomendam o consumo de substâncias tóxicas, tais como o cigarro, ignoram os males que causam os produtos anunciados. Ainda assim, reiterar os avisos é atitude necessária como contribuição para a melhoria da saúde das pessoas.

Não consegue parar, que tal diminuir os efeitos malignos do fumo?

Dica 01: Depois de acordar, quanto mais tarde começar a fumar melhor. Isto indica menor dependência do fumo. Além disso, pode permitir a diminuição da incidência de tumores na laringe e na faringe.

Publicidade
Publicidade

Dica 02: Diminua o número de cigarros. Aumente o consumo de líquidos. Use a água nossa de cada dia. Ela limpa o organismo e diminui os efeitos do fumo. Dizem alguns, erradamente na opinião geral, que até cinco cigarros por dia não fazem mal.

Dica 03: Diminua a intensidade e evite tragadas longas. Não queira queimar todo o cigarro em uma única puxada para acender o próximo na bituca do anterior. Assim é menor a absorção das substâncias tóxicas.

Dica 04: Dizem que a vantagem da troca pelos baixos teores é intriga da oposição e jogada de marketing. Mas não custa tentar, pode ser que traga resultados, ainda que o hábito continue nocivo.

Dica 05: Evite companhia de fumantes. Procure amigos não fumantes ou ex-fumantes. Quem deixa de fumar sente de longe o cheiro do cigarro. A dica certa é procurar namorada não fumante e sem propensão a adotar este mal costume.

Publicidade

O amor pode colaborar para que você abandone de vez este vício.

Dica 06: Não combine cigarro com outros oxidantes. Misturar bebidas alcoólicas e alimentos ricos em gordura são uma receita para quem não cuida da saúde.

Dica 07: Olhe desconfiado para trocas dadas como vantajosas. Fuja das cigarrilhas. Fuja dos charutos. Se não consegue largar pelo menos seja pragmático e diga do alto de sua fraqueza: dos males o menor. Fique com seu cigarro que é menos nocivo. 

Dica 08: Reponha a carga de vitamina C. Quem fuma precisa 20% além da carga normal que é recomendada aos não fumantes.

Dica 09: A alimentação pode combater os malefícios do fumo. Abuse das frutas cítricas (laranja e acerola), folhas verdes, hortaliças vermelhas (tomate e pimentão). Uma combinação destes elementos pode diminuir os efeitos nocivos do tabaco.

Dica 10: Reforce a dieta com vitamina E. Apesar do preço elevado, invista um pouco e compre nozes, amêndoas, gérmen de trigo, óleos vegetais. Combinações destes elementos podem diminuir o malefício deste inimigo público número um. Não esqueça de dietas que protegem inflamações pulmonares, tais como: anchova, sardinha, salmão e outros ricos em ômega 3.

Mas o melhor é deixar de fumar. É gostoso viver de forma mais saudável, tornando o ar por onde circula mais puro. #Dicas #Medicina