Um rapaz de 24 anos morreu na madrugada desta terça-feira (26) após tentar entrar em uma residência onde pretendia, segundo o próprio morador, buscar refúgio. O caso aconteceu no bairro Iperozinho, na cidade de Capela do Alto, no interior de São Paulo.

Segundo informações passadas por testemunhas para a Polícia Militar, por volta das 3h30 elas escutaram um estrondo e foram verificar o que tinha acontecido. Ao chegarem no local, depararam-se com a porta de vidro quebrada e o rapaz, identificado como Santiago Alves da Silva, ferido e pedindo ajuda. Ainda de acordo com a polícia, o rapaz pulou o muro e deu um chute na porta com a perna esquerda, que acabou machucada.

Quando a equipe de resgate chegou ao local, o homem já estava morto e suspeita-se que a causa tenha sido uma hemorragia causa pelos estilhaços. O boletim de ocorrência foi registrado como sendo morte suspeita. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal e a polícia ouvirá nos próximos dias testemunhas do ocorrido.

Morador descarta tentativa de furto e diz que morte foi por parada cardíaca

A princípio, chegou-se a imaginar que o rapaz havia tentado furtar a casa, mas o dono do imóvel usou as redes sociais para esclarecer que conhecia a vítima e acredita que ela tenha quebrado os vidros da porta por estar precisando de ajuda.

Segundo ele, o rapaz era usuário de drogas e poderia estar fugindo de alguma perseguição ou até mesmo ter sofrido um surto psicótico, uma vez que estava alterado e dizia que estava sendo perseguido.

“Ele era um morador do bairro e usuário que queria ajuda. Em nenhum momento quis roubar nem nada”, relatou.

O morador, que se manifestou nos comentários de um jornal de Sorocaba que noticiou os fatos, em nenhum momento o rapaz quis fazer mal a ele ou sua família e estava precisando de ajuda. Ele afasta descarta a hipótese de que o corte tenha levado Santiago a óbito, afirmando que o rapaz teve uma parada cardíaca devido ao uso de entorpecentes e ainda criticou a mídia, a qual apontou que divulga as coisas sem saber.

Invadiram restaurante usando um carro

Também na madrugada desta terça-feira (26), em Sorocaba, uma quadrilha invadiu um restaurante usando um carro roubado. Na ação, eles entraram com o veículo em marcha à ré, destruindo a fachada do estabelecimento, onde levaram uma caixa registradora com cerca de R$ 250, uma impressora e um tablet. O carro usado na ação foi abandonado no local e ninguém ainda foi preso.

Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!