De acordo com informações da Policia Militar Ambiental, uma Mulher foi multada em um valor superior a R$ 50 mil por maus tratos aos Animais. Ao todo, estima-se que a acusada tenha maltratado 18 animais. A punição em questão ocorreu na última quinta-feira, 28 de março, na cidade de Cananéia, localizada no litoral de São Paulo.

Conforme declaração da Polícia Militar Ambiental, os agentes foram chamados a um endereço localizado no bairro Acaraú, na Rua Andrelino de Oliveira, em decorrência de uma denúncia descrevendo os maus tratos praticados pela mulher. Uma vez no local da ocorrência, a polícia contactou a acusada, Tatiane Marques da Costa, e teve a sua entrada no local autorizada por Costa.

Publicidade
Publicidade

Na entrada da residência já foi possível encontrar respaldo para as acusações

Em concordância com o que foi discutido pelos agentes responsáveis pela investigação, tão logo adentraram no imóvel já foi possível atestar a veracidade da denúncia contra Tatiane. Imediatamente, os oficiais localizaram sete cães sujos, magros, sem acesso a comida ou a água e em estado de completo abandono. Além disso, alguns dos cachorros encontrados na entrada da residência de Tatiane Marques da Costa ainda possuíam machucados e sarna, uma doença de pele.

Mulher terá que pagar R$54 mil por maltratar animais. (Foto: Divulgação/ Polícia Militar Ambiental de Cananeia)
Mulher terá que pagar R$54 mil por maltratar animais. (Foto: Divulgação/ Polícia Militar Ambiental de Cananeia)

Uma vez que se aprofundaram mais nos cômodos da casa, os policiais localizaram mais onze cães em condições análogas aos sete primeiros encontrados. Foi informado pela Polícia Militar Ambiental que esses animais receberam encaminhamento a uma clínica veterinária, onde foram tratados e puderam comer.

Após o resgate, os cachorros foram encaminhados à uma ONG na cidade de Registro, interior de São Paulo. Os animais receberam um registro na ONG e lá serão cuidados para que, futuramente, possam ser colocados para adoção responsável.

Publicidade

Tatiane Marques da Costa, por sua vez, foi levada à delegacia da cidade de Cananéia e recebeu uma multa no valor total de R$54 mil. A polícia ainda investiga o caso.

Recentemente, a ativista da causa animal Luísa Mell resgatou cerca de 1700 animais pertencentes a um canil que viviam em condições precárias. O resgate demandou recursos e enormes esforços, uma vez que o Instituto Luísa Mell, local comandado pela ativista e dedicado a acomodar animais abandonados em situação de rua ou maus tratos, já se encontrava superlotado.

E, assim como Luísa, existem milhares de outros protetores, vinculados a ONGs ou independentes, que lidam com situações similares cotidianamente.

Leia tudo e assista ao vídeo