Luca Borgna, brasileiro de 31 anos, foi eleito prefeito de uma pequena cidade italiana. A cidade em questão é Albaretto della Torre, localizada na região do Piemomente, no norte da Itália. Ao todo, a pequena cidade, que será governada por Borgna, conta com 250 habitantes.

Luca era candidato por uma lista cívica de posicionamento político considerado neutro. Ele concorreu às Eleições municipais durante o mês de maio e foi eleito com 142 votos do total de 157 votos válidos de Albaretto della Torre.

Nove dos eleitores votaram em branco e outros seis optaram por anular os seus votas.

A candidatura do brasileiro era apoiada por seu antecessor no governo, Ivan Borgna. Embora o sobrenome dos dois prefeitos seja o mesmo, eles não possuem qualquer relação de parentesco, mas ambos possuem um dos sobrenomes mais comuns da pequena cidade em que vivem.

Luca Borgna nasceu na cidade de Teófilo Otoni, localizada no nordeste de Minas Gerais.

Entretanto, ele não passou muito tempo vivendo na região, uma vez que foi adotado com apenas dois meses de idade por uma família italiana.

Quando Luca chegou a Albaretto della Torre, era o único brasileiro entre os 200 habitantes que a pequena cidade possuía na época. Atualmente, mais três vivem no local e todos eles são oriundos do estado de Minas Gerais. Esse fato elevou a representação brasileira na cidade.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Eleições

'É algo muito bonito', diz o prefeito

De acordo com Luca, ele considera algo muito bonito ser brasileiro em uma comunidade italiana tão pequena quanto a que vive. Ele afirma que existe muito respeito, além de bastante integração e colaboração entre os habitantes da cidade. Essas informações foram fornecidas pelo novo prefeito através de uma entrevista à ANSA.

De acordo com Luca, ele já esteve no Brasil depois de adulto.

A sua última visita à sua terra natal aconteceu no ano de 2014. Na ocasião, o prefeito eleito esteve na cidade pouco antes da Copa do Mundo.

Quando questionado a respeito da política nacional, Luca Borgna afirmou que acompanha o que acontece no país, mas não possui dados o suficiente para formar um quadro completo da situação, de modo que não se considera capaz de comentar tal ponto com precisão.

Ele também aproveitou a pergunta para afirmar que deseja ao Brasil desenvolvimento e crescimento, assim como o nascimento de novos pensadores que sejam capazes de desenvolver a cultura local e proporcionar bem-estar a toda a sociedade.

Antes de se tornar prefeito de Albaretto della Torre, Luca também atuou em outros cargos ligados ao governo, como assessor público. Além disso, ele é formado em Enologia e desenvolveu trabalhos como técnico agrário. Entre os seus planos para o seu tempo de governo estão obras ligadas à infraestrutura que visam melhorias nos serviços locais.

Além disso, o prefeito eleito também afirma que possui a ideia de fazer Albaretto della Torre ser uma espécie de “cidade-gêmea brasileira”.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo