Uma imprudência de um motorista causou a morte de uma idosa cadeirante em Recife. A senhora de 65 anos estava sendo auxiliada a atravessar a rua por um homem no momento do atropelamento, que ocorreu na última quinta-feira (13). O atropelamento foi gravado pelas Câmeras da Autarquia de Trânsito e Urbano do Recife e pode ser encontrado na internet.

O atropelamento aconteceu na avenida Agamenon Magalhães, uma das principais avenidas da cidade, por volta das 15h30.

Publicidade
Publicidade

A senhora Ivanice Félix da Silva chegou a ser socorrida, mas não aguentou os ferimentos e faleceu no hospital. No momento do ocorrido, ao menos outros 15 pedestres atravessavam a faixa de segurança.

Nas imagens de monitoramento de trânsito é possível ver uma moto aguardando o semáforo abrir para os automóveis, quando um carro branco ultrapassa a faixa de segurança atropelando a cadeirante. A senhora Ivanice teve sua cadeira de rodas atingida pelo carro e o homem que estava auxiliando a empurrar a cadeira de rodas não foi atingido.

Publicidade

Uma Mulher que atravessava na frente da cadeirante, foi atingida de raspão e não teve ferimentos graves. O motorista que atropelou Ivanice, não parou e nem socorreu ela.

Motorista localizado

Um dos policiais disse que o motorista foi localizado e que teria 40 anos. Ele foi achado nesse último sábado (15) graças a placa do veículo, que foi anotada na hora do atropelamento. Na última segunda-feira (17), o motorista, que não teve seu nome divulgado, prestou esclarecimentos a polícia.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Mulher Ana Maria Braga

O motorista afirmou ao delegado que não se lembra do atropelamento.

O delegado do caso, Paulo Jean, disse que não pode prender o motorista visto que o tempo do flagrante tinha terminado. Porém, mesmo não sendo preso em flagrante, o delegado disse que o homem está sendo alvo de investigação.

Segundo o delegado vão ser investigadas várias questões, como por exemplo a velocidade do carro na hora do atropelamento.

Segundo ele, poderão proceder em vários caminhos para indiciar o homem, mas, acredita que o suspeito pode ser culpado e responder por homicido, ou seja, intenção de matar.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo