Que o Brasil é grande em tamanho e território, isso é notório e sabido por caminhoneiros e transportadores de carga que vão para lá e para cá, distribuindo, carregando e descarregando todo tipo de produto, como alimentos, grãos, peças de mobília, turbinas, víveres e outros mais.

Percebendo a importância da categoria e, por ser considerada uma atividade essencial nos tempos de coronavírus, algumas empresas voltaram seu olhar para os que enfrentam longas jornadas, chuva, acidentes e a condução de um volante dentro da cabine.

Esforço conjunto

As ações promovidas por empresas vão desde cuidados com saúde até descontos e isenção em combustíveis e hospedagem.

Por exemplo, o Grupo Ultra, por meio da rede de postos Ipiranga, está investindo R$ 20 milhões com o objetivo de brecar a Covid-19. Esse dinheiro está sendo destinado à produção e distribuição de kits de higiene e alimentação para os caminhoneiros.

Em parceria com a Gerdau, a Ipiranga destinou outros R$ 4 milhões para ajudar outra classe bem demandada, a da saúde, na ampliação de um hospital em Porto Alegre (RS).

Segundo Marcelo Araújo, presidente da empresa de postos de combustíveis, é importante “o apoio às diversas categorias profissionais, os profissionais da saúde, os caminhoneiros e outras categorias profissionais nesse momento”.

A BR Distribuidora é outra que entrou na jogada da solidariedade aos caminhoneiros, disponibilizando 60 mil “quentinhas” e frascos de álcool em gel.

Estes produtos serão oferecidos na rede de postos “Siga Bem”, a qual possui um total de 103 pontos espalhados pelo Brasil. Em união com outras entidades atuantes no ramo da saúde e de diagnósticos, a BR oferecerá 16 mil consultas no sistema on-line (ou teleconsultas) gratuitas aos que dirigem caminhão.

Em concordância com seu colega da Ipiranga, o líder da BR Distribuidora, Rafael Grisolia, declarou que “esses profissionais são fundamentais para a sociedade e para a cadeia produtiva da distribuição de combustíveis e outros produtos que movem a economia nacional. Merecem todo nosso reconhecimento e apoio”.

Prevê-se que a iniciativa dure em torno de 15 dias, objetivando o alcance de 8 mil caminhoneiros. Outro benefício planejado pela BR Distribuidora está no serviço gratuito de banho ou pernoite no local.

Estendendo seu braço solidário, a BR também colocou à disposição de frentistas e outros funcionários que trabalham, por exemplo, nas lojas de conveniência, frascos de álcool gel e orientações gerais sobre como usá-lo após, por exemplo, a manipulação de um cartão de banco.

Caneta e papel

Na Rodovia Presidente Dutra, ligando São Paulo ao Rio de Janeiro, e administrado pelo grupo CCR, filhos de empregados e colaboradores escrevem cartas e desenham, mostrando sua colaboração e carinho aos motoristas de caminhão.

Nelas, as crianças expressam seu agradecimento e destacam a importância dos caminhoneiros em seu cotidiano e na lida com o transporte de carga durante a quarentena.

Segundo a CCR, a atividade de escrever cartas é agregada com a doação de kits de higiene e alimentação nos cinco estados onde a empresa administra rodovias e estradas.

Com a maior parte do tempo passada fora de casa, enfrentando perigos, desviando de buracos e no meio de uma pandemia, os caminhoneiros elegem como sua segunda casa os postos de combustíveis e similares. Nada como se sentir acolhido e aconchegado por tanta atenção, solidariedade e gratidão originadas por pessoas desconhecidas de seu grupo familiar e por empresas.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Vagas
Seguir
Siga a página Relacionamento
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!