A Polícia Civil confirmou nesta sexta-feira (24), que um suspeito de ter matado uma Mulher, no Parque Ouro Fino, em Sorocaba, interior de São Paulo, no começo deste mês, foi linchado por moradores e morreu após alguns dias internado por conta dos ferimentos.

A polícia não revelou a identidade do homem, informando apenas que ele tinha 33 anos e era foragido da cadeia de Porto Feliz, onde no mês passado houve uma fuga em massa após rebelião.

Ainda de acordo com a Policia Civil, esse mesmo homem teria matado outra mulher a tiros em 2008, quando a vítima foi atingida pelos disparos dentro de um veículo.

Corpo foi encontrado no dia 12

No dia 12 de abril, um funcionário que fazia a limpeza do Parque Ouro Fino – que está fechado para visitantes por conta do isolamento social – encontrou o corpo de uma mulher. Ao lado havia manchas de sangue e um pedaço de madeira, mas a suspeita é que ela tenha sido morta por asfixia. Uma equipe de socorro chegou a ser acionada, mas a vítima já estava sem vida.

Também havia marcas de agressão no rosto e um sutiã foi encontrado perto do corpo e a suspeita é que ele tenha sido usado para matá-la. Um laudo do Instituto de Criminalística confirmará a causa da morte. O servidor que encontrou o corpo disse que a madeira é a mesma que está faltando em uma ponte.

Posteriormente, familiares reconheceram o corpo como sendo de Umbelina Aparecida de Arruda, de 39 anos, moradora do Jardim Ipiranga, também em Sorocaba.

De acordo com os parentes, ela havia saído de casa no dia anterior e não mais retornado e também não havia dado notícias.

Eles disseram ainda que a vítima era dependente química e que fazia programas. A polícia acredita que a mulher tenha sido morta após ter marcado um encontro com o suspeito para fazer um programa.

Apesar de o parque estar fechado e possuir monitoramento por câmeras, algumas pessoas ainda continuam frequentando ele.

Preso por furtar escola municipal

A Guarda Civil Municipal de Sorocaba deteve na noite da última quinta-feira (23), um jovem suspeito de subtrair objetos de uma escola municipal do bairro Nova Sorocaba.

Uma guarnição que fazia ronda pela região notou a presença de três suspeitos no interior da Escola Municipal “Tereza Ciambelli Gianini". Ao chegarem no local, os guardas constataram que a porta que dá acesso ao porão estava danificada e o local todo revirado.

Ainda dentro da escola eles conseguiram deter um homem, que estava de posse de uma caixa de som, um ventilador de parede e cabos elétricos. Os pertences foram reconhecidos pela diretora da escola e o rapaz recebeu voz de prisão em flagrante por furto qualificado e foi levado para a delegacia, onde ficou à disposição da Justiça.

Siga a página Polícia
Seguir
Siga a página Mulher
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!