Policiais militares deverão responder administrativamente pelo crime de agressão após câmeras de segurança flagrarem ele agredindo um homem. Os policiais haviam sido solicitados para atender uma ocorrência de pertubação de sossego. O caso foi registrado na cidade de Fagundes, na região Agreste da Paraíba, no dia 5 de abril, mas divulgado apenas nesta sexta-feira (10).

Informações cedidas pelo G1 indicam que uma denúncia anônima apontava pertubação de sossego por volta das 2h. Diante disso, uma equipe de policiais militares se encaminhou até o local para averiguar a situação. Durante o atendimento do chamado, os militares se excederam e acabaram usando de força excessiva, onde eles rasgaram a roupa de uma das pessoas que estava no local e um dos policiais desferiu alguns tapas e entrou em uma das casas sem mandado judicial.

Após o término da confusão, o indivíduo agredido foi encaminhado pelos policiais até uma delegacia na cidade de Queimadas. Na delegacia, o homem que não teve a identidade revelada assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência e foi liberado logo em seguida.

Já no dia 6 de abril, o homem voltou à delegacia para prestar queixa dos policiais militares e apresentou imagens de câmeras de vigilância onde ele aparecia sendo agredido. As imagens foram coletadas e os policiais que tiveram envolvimento na ocorrência foram ouvidos. Como medida de garantir a apuração correta dos fatos, a 3ª CIA transferiu os militares que tiveram envolvimento na ocorrência para outra companhia.

Siga a página Polícia
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!